Restaurante realiza último desejo de mulher com câncer terminal

O pedido: um milkshake típico da cidade em que ela nasceu

Internada em uma clínica de cuidados paliativos em Washington (EUA), a americana Emily Pomeranz, de 50 anos, teve seu último desejo atendido quatro dias antes de morrer por conta de um câncer de pâncreas. O pedido: um milkshake típico da cidade em que ela nasceu, Cleveland, no estado de Ohio - a mais de 600 km da clínica.


Tudo começou quando Emily disse ao amigo Sam Klein que gostaria de poder tomar a bebida feita pelo restaurante Tommy's. Como ela não tinha condições de fazer uma viagem tão longa, ele decidiu enviar um e-mail para o estabelecimento perguntando se a entrega seria possível.

Comovido com o último pedido da antiga moradora de sua cidade, o dono do restaurante, Tommy Fello, respondeu com otimismo: "Iremos dar um jeito de fazer isso". Então, providenciou uma entrega especial elo correio e, apesar da distância, o pedido chegou até a mulher.

Ao ver a bebida, Emily "muito surpresa e emocionada", de acordo com o relato de Sam no Facebook. "Ela dividiu com a família dela. Falou sobre isso por dias e dias. Contou a história para amigos em Cleveland e Washington. Foi algo que fez todo mundo sorrir. O pedido de uma mulher pelo seu último milkshake em seu restaurante favorito. Desejo concedido!", escreveu ele.

Em outro ponto do país, o dono do restaurante disse também ter ficado feliz por ter ajudado. "Vê-la naquela foto foi algo grande, preciso dizer. Que recompensa!", contou Fello à emissora WGN9. "Fiquei tão feliz que tudo certo. Chamamos isso de 'missão milkshake' ou algo assim, 'missão impossível'. É verdade o que dizem sobre dar ser mais importante do que receber", completou.

Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com