'Robô sexual' é estuprada por homens e tem dois dedos quebrados

Boneca teve que ser retirada da feira onde ocorreu os estupros.

Um caso ocorrido durante uma feira de tecnologia em Linz, na Áustria, causou bastante revolta mundo afora e (acredite ou não) não se trata de uma notícia fictícia. Uma boneca sexual, que estava sendo exposta no evento, foi estuprada por vários homens que passavam pelo local. Programada e com inteligência artificial, ela recebeu o nome de Samantha e teve dois dedos quebrados. 

'Robô sexual' é estuprada por homens em feira de tecnologia (Crédito: Reprodução)
'Robô sexual' é estuprada por homens em feira de tecnologia (Crédito: Reprodução)

De acordo com reportagem do 'Daily Mail', o robô sexual é programado para reagir ao toque de reconhecimento e, após ter sido tocada por mãos de diferentes pessoas, entrou em choque, parando, portando, de obedecer ao controle do sistema instalado. O robô ficou bastante danificado. 

O criador da boneca sexual, identificado como Sergi Santos, ficou transtornado com a violência. Segundo ele, Samantha custou US$ 4mil dólares, o equivalente a R$ 12,8 mil aqui no Brasil. 

Sergi conta que a boneca sexual foi cercada por vários homens. "O povo tocou os seios de Samantha, as pernas e os braços", disse, ao acrescentar que ela teve os dedos quebrados devido à violência sofrida. "Dois dedos estavam quebrados. Ela estava muito suja".

O abuso sexual repercutiu na imprensa mundial. A boneca havia sido criada para servir apenas ao dono, mas acabou sendo vítima de um estupro coletivo.


Fonte: Com informações do Blastingnews
logomarca do portal meionorte..com