Saiba porque sentimos muito frio quando estamos com febre

Saiba também porque suamos quando ela está passando

Ter febre alta é algo extremamente desagradável e que já aconteceu com quase todo mundo. Quando a temperatura do corpo fica mais alta do que o normal, além de diversos desconfortos, o que sentimos também é muito frio, mas por que será que isso acontece?

A febre, como qualquer termômetro pode nos mostrar, é o aumento da temperatura corporal, e isso ocorre geralmente por causa de infeções, doenças autoimunes, reações a alguns medicamentos e até por causa da formação de coágulos sanguíneos e de câncer.

Como essas condições podem desencadear uma resposta inflamatória do corpo, a temperatura acaba aumentando mesmo, e as moléculas chamadas pirogênios são as principais responsáveis por fazer com que o cérebro produza a febre.

 (Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

A região cerebral do hipotálamo serve também como uma espécie de termostato do corpo. É o hipotálamo que nos passa a mensagem de calor e que nos faz ter tremores, arrepios e constrição dos vasos sanguíneos na superfície da pele. É por causa disso que sentimos frio e a necessidade de buscar cobertores.

A verdade é que, quando estamos com febre, o hipotálamo nos faz ter a mesma reação de quando estamos com temperatura menor do que 37ºC. Todo esse mal-estar é provocado justamente para que percebamos que há algo de errado e que precisamos tomar alguma providência.

Quando os pirogênios somem da corrente sanguínea, no caso de febres intermitentes, o hipotálamo percebe essa variação de temperatura e faz com que o corpo resfrie, por isso começamos a suar muito quando a febre está quase passando.

Fonte: Com informações do Megacurioso
logomarca do portal meionorte..com