Saiba qual país permite que uma pessoa case com um morto

Uma lei permite que uma pessoa viva casa com uma pessoa morta

A França é um dos poucos países do mundo que conta com uma legislação que permite o casamento póstumo, ou seja, permite que uma pessoa viva se case com um morto. Essa lei ficou conhecida no mundo todo depois que uma francesa se casou com o namorado que já estava morto há um ano.

O casal estava de casamento marcado, mas o rapaz acabou falecendo num acidente de carro em novembro de 2008. Magali Jaskiewicz e Jonathan Goerge já moravam juntos havia seis anos e já tinham duas filhas. Eles chegaram a dar entrada nos papéis do casamento antes do jovem morrer.


Depois da morte do parceiro, Magali Jaskiewicz fez uso de um artigo do código civil francês que permite o casamento com uma pessoa falecida desde que o casal já tivesse dado início ao processo formal para concretizar a união.

O casamento póstumo é permitido na França, mas é raro. Existem apenas algumas dezenas de casos registrados na história do país.

Para conseguir realizar esse tipo de união é preciso esperar que o processo passe por várias instâncias legais. No caso de Magali Jaskiewicz e Jonathan Goerge, o casamento teve autorização e aconteceu em cerimônia realizada na Prefeitura do vilarejo de Dommary-Baroncourt, no leste da França. Após a cerimônia, a mulher passou a ser considerada oficialmente como viúva.


Fonte: sitedecuriosidades.com
logomarca do portal meionorte..com