Sem ter os braços, homem usa dentes para alimentar sua mãe doente

Sua mãe tem 91 anos de idade e sofre de paralisia.

Um chinês identificado como Chen Xinyin, 48 anos, quando tinha apenas sete anos de idade perdeu os dois braços devido um choque elétrico. Mas, isso não o impediu de trabalhar e atualmente ele se dedica a ajudar a sua mãe que tem 91 anos que sofre de paralisia.

Além de ter perdido os braços, outra tragédia atacou a família quando Chen tinha 20 anos: seu pai morreu. Daí, só sobraram mãe e filho para cuidar da fazenda em Chongqing, no sudoeste da China.

Chongqing é uma das maiores cidades chinesas, mas também é notória por sua alta criminalidade e por suas "fazendas urbanas", como a da família de Chen. Além dos vegetais, eles cuidam de búfalos e ovelhas.


Quando a saúde da mãe de Chen começou a piorar, um amigo sugeriu que o rapaz pedisse dinheiro nas ruas. Mas Chen não estava interessado nisso: "Eu não tenho braços mas tenho bons pés. Não posso ganhar dinheiro pedindo".

Mesmo não tendo braços, Chen sabe cozinhar, plantar e até confecciona cestas de palha. A pior época para ele é o inverno, pois é difícil colocar meias, e ele frequentemente sofre com as baixíssimas temperaturas.

Embora a ideia de pessoas vivendo em fazendas num ambiente urbano pareça bizarra para nós, é uma realidade muito comum em muitas áreas da China.

Fonte: r7
logomarca do portal meionorte..com