Tire cinco dúvidas comuns relacionadas às acnes

Especialistas falaram sobre os mitos e verdades sobre as acnes

Quem nunca ouviu que comer chocolate e alimentos gordurentos pode promover o surgimento de espinhas, e que banhos de sol, pasta de dentes e lavar o rosto várias vezes ao dia pode ajudar a dar fim nas malditas? Só que nem tudo o que ouvimos por aí sobre a acne é verdade, e Erin McCarthy, do site Mental_Floss decidiu conversar com alguns especialistas para descobrir o que é mito e o que é fato sobre esse problema de pele. Confira:

1 – Lavar o rosto com frequência ajuda a prevenir espinhas?

Se as espinhas aparecem por conta de bactérias presentes na pele, lavar o rosto com frequência deveria ajudar a prevenir seu surgimento, certo? Só que, de acordo com os especialistas, lavar a pele toda hora ou esfregá-la muito vigorosamente pode tornar o problema pior e até desencadear o aparecimento da acne.

Segundo disseram os especialistas, isso acontece porque, ao limpar o rosto repetidamente, a pele passa a produzir mais oleosidade — o que, por sua vez, promove a emergência de espinhas. O ideal é lavar o rosto pela manhã e pela noite com produtos específicos para tratar a acne e não exagerar na dose.

2 – Alimentos gordurosos causam espinhas?

Segundo os especialistas, embora a pele seja o maior órgão do corpo e sua “saúde” esteja diretamente relacionada com o que ingerimos, comidas gordurosas só causam acne se elas forem esfregadas diretamente sobre ela.

Conforme explicaram, não são muitos os alimentos que podem desencadear o surgimento da acne e, de modo geral, quando isso ocorre, o problema geralmente está relacionado a hormônios que são adicionados aos produtos, como é o caso de alguns laticínios. Portanto, se você tem propensão a ter espinhas, é bom ficar de olho nesses produtos, manter uma dieta equilibrada e beber bastante água durante o dia.

3 – Banhos de sol ajudam a “secar” espinhas?

Apesar de a exposição ao sol ajudar a matar algumas bactérias prejudiciais à pele, a verdade é que os banhos solares não secam espinhas e só pioram o problema.

Conforme explicaram os especialistas, a radiação infravermelha do sol não só pode induzir ao aparecimento da acne, como pode levar ao escurecimento da pigmentação cutânea, fazendo com que as marcas deixadas na pele pelas espinhas se tornem mais escuras e difíceis de remover depois. Sem falar nos demais riscos associados aos banhos solares, como o envelhecimento precoce e danos que podem levar ao surgimento do câncer de pele.

4 – E o creme dental, ajuda mesmo a acabar com as espinhas?

De acordo com os especialistas, alguns ingredientes das pastas de dentes, como é o caso da menta e do mentol, podem, sim, “secar” as espinhas, sem falar que a aplicação da melequinha sobre o rosto pode ajudar a evitar que a gente fique cutucando o rosto — prevenindo, assim, o aparecimento de cicatrizes. No entanto, os cremes dentais podem, também, secar a pele, e isso pode fazer com que as erupções voltem.

Mas, se o seu negócio são os remédios caseiros, em vez de pasta de dentes, os especialistas recomendam colocar algumas gotinhas de óleo de eucalipto em água e aplicar compressas com essa mistura sobre a pele. Outra opção — inusitada — sugerida foi a aplicação de pomadas indicadas para hemorroidas, uma vez que elas ajudam a diminuir a vermelhidão e o inchaço provocado pelas espinhas.

5 – É possível controlar a acne?

Segundo os especialistas consultados por Erin, não é fácil controlar a acne, uma vez que existem vários fatores relacionados com o seu surgimento, como desequilíbrios hormonais e a propensão genética, por exemplo.

Mas, apesar de difícil, é possível controlar o seu aparecimento e, para isso, os especialistas sugerem que a pessoa que sofre com o problema consulte um dermatologista para determinar qual tipo de acne ela tem, qual é o seu tipo de pele e quais são os fatores que desencadeiam, intensificam ou melhoram as erupções. Com essas informações em mãos, é possível definir qual é o melhor tratamento para cada caso e quais são os medicamentos e produtos mais indicados.

Fonte: Com informações do Megacurioso
logomarca do portal meionorte..com