'Tragédia Ecológica': Ilha paradisíaca do Carine tem 8,2 km de lixo

Local bonito, que poderia estar preservado, concenrta muito lixo.

O Caribe é famoso por suas belas praias e ilhas paradísicas que são rotineiramente visitadas. Reduto certo para milionários, celebridades e viajantes, as praias exuberantes estão se tornando alvo da ação irresponsável de turistas. A ilha de Roatán, em Honduras, possui uma extensa faixa de lixo acumulado, um verdadeiro 'mar de lixo'.

Imagens feitas pela fotógrafa Caroline Power mostram parte da ilha, o equivalente a 8,2 quilômetros, tomada pelo lixo, principalmente plástico. Nas imagens, que foram publicadas no Facebook, é possível ver todo tipo de material jogado na água: garrafas de refrigerante, resíduos de enlatados, muitos sacos e até bola de futebol.

Bastante indignada, Caroline escreveu "Isso tem que parar!" na legenda das fotos. Ela encabeça uma campanha que exige o fim do uso de sacola durante viagens, o que, segundo ela, representaria uma diminuição, já que grande parte do lixo jogado no mar é desse tipo.

Ações são para evitar uma possível 'tragédia ecológica'

Ilha paradisíaca do Carine tem 8,2 km de lixo (Crédito: Caroline Power )
Ilha paradisíaca do Carine tem 8,2 km de lixo (Crédito: Caroline Power )
Ilha paradisíaca do Carine tem 8,2 km de lixo (Crédito: Caroline Power )
Ilha paradisíaca do Carine tem 8,2 km de lixo (Crédito: Caroline Power )




Fonte: Com informações do Pagenotfound
logomarca do portal meionorte..com