Uniforme neutro evita discriminação de gênero em escola

Os alunos agoram usam a mesma calça e camisa como uniforme.

Uma escola localizada na Inglaterra optou por adotar uniformes neutros para evitar discriminação de gênero. Ao abolir as vestimentas diferenciadas para alunos e alunas, a Priory School fez com que, a a partir de agora, ambos usem a mesma calça e camisa como uniforme. Antes, as meninas precisavam vestir saias.

"Outro assunto é que temos um pequeno, mas crescente número de alunos transgêneros e usar o mesmo uniforme é importante para eles", afirmou o diretor do colégio, Tony Smith, a um jornal local.

Uniforme neutro e evita discriminação de gênero  (Crédito: UOL)
Uniforme neutro e evita discriminação de gênero (Crédito: UOL)

A decisão foi celebrada por organizações de defesa dos transgêneros no Reino Unido. A "Mermaid UK", uma dessas entidades, afirmou ser uma niciativa muito importante para reduzir o sofrimento desses alunos.

"Comemoramos qualquer medida dos colégios que reconheça que as crianças estão cada vez mais revelando variações de gênero. Instaurar uniformes de gênero neutro é algo que as escolas podem adotar para ajudar os alunos que sofrem por seu gênero", afirmou Susie Green, responsável pela instituição, a um jornal local.

Segundo ela, ainda que haja poucos alunos transgêneros nas instituições, essa mudança deve ser colocada em prática. "Os colégios devem tomar uma postura clara e abraçar a diversidade, não importa quão pequeno seja o número de pessoas afetadas."

Na Inglaterra, a Allens Croft School, em Birmingham, foi apontada como a primeira instituição a implementar a política de uniforme de gênero neutro. Já a Brighton College deu o primeiro passo permitindo que alunos escolhessem duas opções de uniforme, independentemente de serem do sexo feminino ou masculino.






Fonte: UOL
logomarca do portal meionorte..com