Vídeo de mãe ensinando limpar nariz entupido de filha viraliza

O vídeo surpreendeu internautas devido rapidez do processo

O vídeo de uma mãe da Tailândia publicado em sua página do Facebook onde ela limpa o nariz da filha viralizou na web. Até o momento a publicação soma mais de 46 mil visualizações.

O vídeo surpreendeu os internautas com a rapidez do processo e com a quantidade de secreção eliminada. A técnica de limpar o nariz entupido da criança consiste em uma lavagem feita com soro fisiológico aplicado com uma seringa e, de acordo com pediatra Ana Laura Kawasaka, pode ser feita em bebês desde recém-nascidos.


Ao contrário do que se imagina, Ana Laura, mãe da criança, explica que o soro não vai afogar a criança e nem irá para o pulmão. “Como algumas crianças acabam chorando e brigando na hora de fazer a lavagem, pode acontecer de elas tossirem como se estivessem engasgando”, diz. 

Isso é um reflexo do corpo para impedir que o líquido vá para o caminho do pulmão. Então, não se assuste! O ideal é virar o bebê de lado, deixando que ele tussa e engula sozinho o soro. Você não deve chacoalhar e nem fazer movimentos bruscos.

Cuidados

A pediatra orienta que a limpeza seja feita com soro fisiológico 0,9% em spray, jato contínuo ou seringa com soro – como no vídeo. É importante lembrar que, ao contrário dos sprays, frascos de soro fisiológico devem ser mantidos na geladeira após abertos.

Antes de aplicar na criança, é preciso deixar o líquido em temperatura ambiente. Ana Laura aconselha deixar a seringa dentro do sutiã enquanto troca as fraldas da criança, por exemplo. Assim, entra em contato com o calor do corpo da mãe. “Também pode ser feito uma espécie de banho-maria, colocando o frasco dentro de um recipiente com água morna”, diz. Mas é preciso cuidado, já que o líquido quente pode irritar o nariz do bebê.

Para lavar o nariz entupido com spray, sem ser de jato contínuo, a pediatra orienta deixar o bebê sentado. "Jato contínuo ou seringa pedem que a criança esteja deitada ou sentada com a cabeça inclinada para trás", explica. É comum que crianças pequenas engasguem, se isso acontecer, o ideal é reduzir o volume do líquido ou mudar a posição do bebê.

Fonte: Ig
logomarca do portal meionorte..com