Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Em despedida do personagem, Kiko chora e diz que ama o Brasil

Depois de brincar, Villagrán voltou ao estúdio sem a fantasia e explicou como surgiu o persogem.

Em despedida do personagem, Kiko chora e diz que ama o Brasil
Carlos Villagrán, o Kiko da série Chaves | AgNews
Compartilhe

No Brasil para alguns shows antes da aposentadoria de Kiko da série Chaves, Carlos Villagrán despediu-se do personagem no programa Domingo Legal, do SBT, neste domingo (14). Em conversa com o apresentador Celso Portiolli, Villagrán, hoje com 69 anos, disse que ama o País e considera os brasileiros uma família. ?Queria agradecer a cada um do Brasil, eu gosto muito de vocês. É porque o Brasil é minha família?, disse o ator mexicano em ?portunhol?. Ele não conteve as lágrimas durante a participação na atração.

Mostrando os melhores momentos de Quico (ou Kiko, como ele escreve após uma briga por direitos autorais reivindicados por Roberto Gómez Bolaños, o Chaves) no seriado, Portiolli não economizou elogios ao descrever o ator. ?Você é uma artista tão grande, um fenômeno tão grande, que fiquei impressionado. É um dos maiores dos últimos tempos. E você, Kiko, teve sorte de encontrá-lo (Villagrán, o ator) e ele teve a sorte de encontrá-lo?, disse.

Depois de brincar, Villagrán voltou ao estúdio sem a fantasia e explicou como surgiu o persogem. "Eu tinha oito anos e meu pai me obrigava a imitar meu tio, que era bochechudo. Eu não gostava muito disso, porque ele me forçava a fazer isso", explicou. Com a aposentadoria de Kiko, o ator planeja lançar um livro de agradecimentos na América Latina.

No fim da participação no programa, Villagrán ainda se emocionou com um vídeo em homenagem ao personagem da famosa série. O texto da narração era como se Kiko agradecesse ao ator por sua existência. "Estar em um País que não é o meu, o Brasil que eu amo, é como pagar o meu coração por tantas risadas que eu lhes dei. Vocês me fazem muito mais feliz agora. É de alegria, agradecimento (as lágrimas que ele não conteve). Não tenho como pagar", disse o mexicano. "Saiba quem tem um fã aqui. Não tem preço também estar com você aqui no palco. Você é um gênio do humor", disse Portiolli.

Carlos Villagrán se apresenta neste domingo em São Paulo, no Carioca Club. No próximo sábado (20), ele passa por Porto Alegre, no bar Opinião, e no domingo (21), em Belo Horizonte, onde tem show no Galopeira. Sua última visita ao Brasil foi em 2012, durante o Festival Boa Vizinhança, em São Paulo.

Originalmente chamada de El Chavo del Ocho, a série do garoto Chaves foi gravada entre 1971 e 1979, no México, rendendo oito temporadas e 290 episódios. No Brasil, o programa é exibido desde 1984, sendo um dos maiores fenômenos infantis desde então.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar