Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Advogado exige acareação e diz que Najila não teme encarar Neymar

A Polícia Civil decidiu não atender ao pedido, mas a delegada evitou descartar a medida por escrito

Compartilhe
Google Whatsapp

Cosme Araújo, o advogado de Najila Trindade, vai pedir para que a delegada Juliana Bussacos responda formalmente ao seu pedido de acareação entre Neymar e sua cliente, que acusa o jogador do PSG de estupro. O procedimento não é usual em casos de acusação do tipo (o jogador nega ter cometido o crime) para evitar constrangimentos à suposta vítima. As informações são  do UOL.

A Polícia Civil decidiu não atender ao pedido, mas a delegada evitou descartar a medida por escrito. Assim, ela pode ser usada se aparecerem novos elementos que tornem o confronto de versões necessário. Mas por que o representante da modelo insiste na ideia? O que ele espera com uma eventual acareação?

Araújo explicou que vai pedir uma resposta formal porque só soube da decisão da delegada por meio da imprensa. Para ele, pedir a acareação "é uma demonstração inequívoca de que Najila não tem receio de ficar frente a frente com uma pessoa tão famosa" (e que ela acusa de estupro e agressão).

Outro argumento é o de que se Najila não se sente constrangida em ficar diante de Neymar, a delegada não poderia ser acusada futuramente de constranger a modelo. Araújo alega que colocar um diante do outro pode "robustecer as evidências", ajudando a polícia a solucionar o caso.

Mas como? "Seria possível observar a reação de cada um nas respostas, analisar a expressão corporal. Se alguém estiver mentindo, pode deixar transparecer. Nesses momentos, quem está mentindo pode entrar em contradição", afirmou o advogado.

Na opinião dele, a acareação poderia esclarecer as diferenças entre os relatos dos dois sobre o episódio num quarto de hotel em Paris. Principalmente se Neymar usou camisinha, se Nagila pediu para que ele batesse em suas nádegas e se a relação foi consensual, como afirmou o jogador à polícia. A modelo, por sua vez, sustenta que pediu para ele parar de bater e que não queria fazer sexo com o atleta porque ele não havia levado camisinha.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se