Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Alexandre Pires e Gusttavo Lima fizeram contratos distintos para show

Alexandre Pires

Alexandre Pires e Gusttavo Lima fizeram contratos distintos para show
|
Compartilhe
Google Whatsapp

Um fato novo surgiu, nesta terça-feira (8), no caso do desentendimento entre Alexandre Pires e Gusttavo Lima por conta de horário de shows na noite do último sábado (5) na Arena Petry, na cidade de São José, em Santa Catarina. O que teria ocasionou a confusão entre os artistas seria a existência de dois contratos.

Um deles, feito entre a casa de shows e Gusttavo Lima, que assinaram um documento de risco, ou seja, o sertanejo não receberia cachê, mas dividiria o valor arrecadado na bilheteria, sendo um dos responsáveis também por arcar com os lucros e despesas do evento. Já em outro contrato, que teria sido firmado com Alexandre Pires e a casa, o cachê era fechado, sem riscos. Ou seja: o cantor receberia um valor certo e fechado por seu show.

LEIA MAIS: Climão! Alexandre Pires diz que Leo Dias mentiu sobre Gusttavo Lima 

No documento de Alexandre, assinado no dia 19 de outubro do ano passado, o show foi marcado para começar às 23h, e, de fato, o cantor acertou um valor fechado por seu show. "Quando fechamos o contrato com a empresa Maluppy para realizar o show na Arena Petry não existia nada com o Gustavo Lima. Essa história de show do Gusttavo só entrou depois de um mês do nosso contrato já fechado", informou a assessoria de Alexandre.

A assessoria do  pagodeiro divulgou uma nota sobre o caso: "No propósito de esclarecer e documentar seu relato sobre o mal-entendido criado pelo cantor Gusttavo Lima, o cantor e compositor Alexandre Pires comunica que foi surpreendido na tarde de sábado, a poucas horas do início de seu show na Arena Petry, em São José, Santa Catarina, com a imposição de Gusttavo de se apresentar antes dele, no horário que inicialmente lhe era reservado. Pelo contratante do evento, Alexandre soube que Gusttavo ameaçou não realizar o seu show, caso não pudesse se apresentar mais cedo do que estava previsto em contrato. Com o objetivo de resolver o impasse, Alexandre concordou em fazer seu show mais tarde, mas, até em respeito ao público, que ouviu de Gusttavo justificativas falsas para o ocorrido, Alexandre se sentiu na obrigação de vir a público para esclarecer que tudo aconteceu à revelia de sua vontade. Apesar de admirar o trabalho de Gustavo Lima, Alexandre Pires reprova veementemente a forma desrespeitosa com que o músico agiu, em relação aos colegas, aos profissionais das duas equipes, aos contratantes e, principalmente, ao público, a quem devemos transparência e respeito. Como já ficou claro, não procede a informação inicialmente difundida por Gusttavo de que ele seria o contratante do show, e Alexandre, um convidado seu. Em nenhum momento Alexandre foi procurado por Gusttavo sobre a possibilidade de trocar seu horário com ele. Esperamos sinceramente que situações similares não se repitam, pelo profissionalismo que tanto zelamos no meio artístico e pelo respeito que o público merece", informou o comunicado.

A assessoria de Gusttavo Lima explicou o contrato do sertanejo: "Desde o segundo semestre de 2018, o projeto Buteco, idealizado pelo cantor Gusttavo Lima, tem recebido artistas em diversas edições por todo o Brasil. No contrato referente ao show do último dia 05/01, na Arena Petry (São José, SC), está descrito que Gusttavo fez bilheteria com a casa (ou seja, 50% do valor dos ingressos era dele - 50% casa/contratante). Já Alexandre, foi contratado por cachê por uma das empresas que estava parceira neste evento. Tendo em vista esse cenário, o cantor Gusttavo Lima pagou, ainda que de forma (in)direta os 50% do cachê de Alexandre Pires, já que o valor foi descontado do 'borderô' dele (Gusttavo) - conforme específica o contrato entre Gusttavo Lima x contratantes. A questão é que ambos os contratos (tanto do Gusttavo Lima quanto do Alexandre Pires) foram feitos pela empresa intermediária. No de Gusttavo está descrito que 50% do cachê e despesas do Alexandre seriam responsabilidade do Gusttavo Lima".


Reprodução/Instagram 



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto