Aos 34 anos, Sandy revela que já sente os efeitos da idade

Sandy fala sobre medo de envelhecer

Sandy é uma pessoa pública desde criança e sabe bem a importância da aparência para quem se mantém em frente aos holofotes. Mesmo assim, a cantora diz não ser vaidosa ao extremo.


“Por causa da profissão, veio essa vaidade. Não gosto de sair mal arrumada numa foto, saindo da academia... Me sinto desconfortável. Então, sempre que saio de casa estou arrumadinha, mesmo que eu faça alguma coisa prática, como um coque no cabelo, se eu não quero me arrumar, se não dá tempo. A maquiagem eu faço de manhã e fico até a noite e é sempre a mesma básica: máscara para cílios, corretivo, blush e batom”, contou em entrevista à revista “Marie Claire”.

Aos 34 anos, a artista começa também a refletir sobre os efeitos da idade para a pele e corpo. “Eu me preocupo um pouco, mas não é uma coisa que eu fique pensando todos os dias, não é um grande problema pra mim. Eu percebo as diferenças do meu rosto hoje em relação a quando eu tinha 20 anos. Eu me cuido, mas não sou aquela maluca que passa horas e horas, toda a semana, na clínica de estética. Eu faço a prevenção do envelhecimento de uma maneira bem light, natural, e que dá pra encaixar na minha rotina. É uma preocupação natural, leve, de quem é vaidosa, e não uma coisa excessiva”, explicou.


Fonte: TV FAMA
logomarca do portal meionorte..com