Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Apresentador da Record exibe olho roxo após reagir a assalto

Matheus exibiu o olho machucado depois de reagir contra o assaltante e admitiu o erro.

Compartilhe

Primeiro âncora de um telejornal a se assumir gay publicamente, o jornalista Matheus Ribeiro foi vítima de uma agressão após tentativa de assalto no último sábado (9), em Brasília. Em foto publicada no Instagram, Matheus exibiu o olho machucado depois de reagir contra o assaltante e admitiu o erro. "Sei que não fiz o correto", escreveu. As informações são do UOL.

De acordo com o apresentador, a agressão ocorreu por volta das 21h enquanto praticava corrida próximo à sua casa. O assaltante teria passado por ele uma vez e retornado ao reparar no celular preso em um bracelete.

"Eu não reparei quando ele passou porque estava com fones de ouvido. Quando ele voltou, tentou puxar o celular do meu braço e não conseguiu. Eu me assustei e virei para ver o que estava acontecendo. Foi quando ele me deu um soco", contou.

Matheus Ribeiro exibe olho roxo após assalto

Após sofrer a investida do ladrão, que estava sozinho e sem posse de armas, Matheus reagiu com um chute e o derrubou no chão. À reportagem, o âcora da Record admitiu o erro e culpou a adrenalina, mas que não se arrepende da decisão. "Não me arrependo porque meu instinto foi me defender, mas sei que não fiz o certo. Não recomendo a minha atitude e foi o que ressaltei na mensagem escrita no Instagram".

Para Matheus, que se mudou para Brasília há apenas quatros meses, o fato o motiva a fazer um trabalho ainda melhor como jornalista. "Estou conhecendo o lado bom e o lado ruim de morar aqui. Isso me encoraja ainda mais a fazer um trabalho competente e que faça a diferença para as pessoas".

O apresentador ainda garantiu que o olho roxo não terá tanto impacto em seu trabalho na Record. Segundo ele, a emissora, notificada sobre o caso antes da publicação nas redes sociais, ofereceu toda a assistência necessária. "É provável que eu não esteja à frente do DF Record por alguns dias, mas como editor-chefe, continuarei trabalhando de casa.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar