Atriz Maria Flor posa nua em ensaio para exaltar força feminina

O ensaio sensual estampou a capa da terceira edição da revista.

Em uma madrugada no início do ano, Maria Flor embarcou em um Uber em direção à Lapa, região central do Rio de Janeiro. Estava na companhia da equipe do amigo e fotógrafo Jorge Bispo e vestia apenas um roupão preto, salto alto e batom escuro. Ao chegar em uma rua deserta do bairro boêmio, Maria desembarcou do carro, deu uma olhada ao redor, abriu o roupão e ficou nua diante das lentes.

O ensaio sensual estampou a capa da terceira edição da 3, revista assinada por Jorge Bispo. "Fiz por vaidade. Busquei as melhores poses e rostos para montar um clima sensual muito meu", diz Maria, aos 33 anos.

As outras fotografias foram registradas em um clube da região na companhia do colega Johnny Massaro. "Havia uma potência feminina em registrar meu corpo como ele é hoje - sem dinheiro, só porque eu quero e como eu quero", contou durante uma entrevista feita em um café no Jardim Botânico, na zona sul carioca. E a objetificação da mulher, como fica? “Acho que existe, sim, uma objetificação na revista do Bispo. A diferença é que tem uma divulgação menor e mais íntima, não tem outdoor por aí. Mas eu vejo muito mais a força feminina do ensaio. Seu poder. Fora isso, eu quis ficar pelada na rua, o corpo é meu, posso me montar como eu quiser". Para Jorge Bispo, Maria é destemida. "Ela se arrisca como poucas artistas", diz o fotógrafo.

Maria Flor (Crédito: Reprodução)
Maria Flor (Crédito: Reprodução)
Maria Flor (Crédito: Reprodução)
Maria Flor (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com