A cantora Claudia Leitte esteve entre os assuntos mais comentados nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (14). A repercussão se deve a um post da cantora, em que ela mostra um abajur no formato de arma sobre uma bíblia, na sua casa.

Internautas associaram a gravação a um possível posicionamento político, e compararam a cantora a Ivete Sangalo, que recentemente fez um discurso contra armas no Rock in Rio. Após as críticas, Claudia deletou o vídeo e postou um texto explicando que sua publicação não teve nenhuma conotação política.

Claudia Leitte explica caso do abajur: “Não tem qualquer intenção política” (Foto: Divulgação)Claudia Leitte explica caso do abajur: "Não tem qualquer intenção política" (Foto: Divulgação)"Gente, os stories que postei não têm qualquer intenção política. O abajur que aparece no vídeo é uma peça de arte criada por um designer francês, que ganhei de presente há mais de 10 anos. Marquei o meu amigo que me deu o livro que mostrei no vídeo como sinal de gratidão. Nada além disso. Não passou pela minha cabeça nenhuma dessas afirmações que chegaram a mim", escreveu.

Claudia ainda explicou que o objeto fazia sentido para ela: "usamos as armas poderosas de Deus, e não as armas do mundo", afirmou.

O abajur em formato de arma que deu início às críticas é assinado pelo designer francês Philippe Starck, famoso pela criação de móveis e projetos interiores. Na loja oficial do autor, ele é vendido por US$ 2.235 (mais de R$ 11,5 mil).






Ver essa foto no Instagram










Uma publicação compartilhada por Grupo Meio Norte Comunicação (@meionorte)