SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O cantor sertanejo João Vitor Moreira Soares, conhecido como Conrado, continua em estado grave na UTI do Hospital Regional de Registro (SP) após o acidente no sábado (7) que matou a sua dupla, Aleksandro e mais cinco pessoas. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (9) em boletim médico divulgado nas redes sociais.

"Informamos que o paciente segue internado em estado grave [...] Até o momento, não houve necessidade de realização de novo procedimento cirúrgico", informou a equipe.

Anteriormente, a equipe tinha informado que Conrado já foi submetido a uma cirurgia para controle de sangramento e correção de uma fratura na bacia decorrente do acidente.

Conrado, da dupla com Aleksandro , segue internado em estado grave após acidente de ônibus que matou 6 pessoas em SP Foto: Reprodução-InstagramConrado, da dupla com Aleksandro , segue internado em estado grave após acidente de ônibus que matou 6 pessoas em SP Foto: Reprodução-Instagram

O boletim também detalha que Julio Cesar Bigoli Lopes, membro da equipe também envolvido no acidente, está internado na UTI do mesmo hospital e será submetido a exames de imagem para "acompanhamento do quadro".

 Segundo a avaliação dos médicos, Julio Cesar também não precisará de uma nova intervenção cirúrgica até o momento. Ele passou por cirurgias reparadoras de fraturas no crânio (trauma encefálico) e de membros inferiores.

Com o acidente, provocado pelo estouro do pneu esquerdo dianteiro do veículo, seis pessoas morreram, dentre elas o cantor Aleksandro e o guitarrista Wisley Novaes.

Logo após o acidente, a assessoria da dupla sertaneja comunicou que Conrado tinha alguns ferimentos leves. No entanto, após passar por uma série de exames, constatou-se que seu estado era grave.






Ver essa foto no Instagram










Uma publicação compartilhada por Conrado e Aleksandro (@conradoealeksandro)

VÍDEO É DE 2019

Em nota divulgada na noite de segunda-feira (9), a assessoria da dupla Conrado e Aleksandro informou ter conhecimento do vídeo que mostra o ônibus da dupla trafegando acima da velocidade. 

"As imagens não condizem com o momento do acidente e, principalmente, não comprovam a velocidade do veículo no momento e, tão pouco, com o local da colisão", disse. 

Segundo a publicação, os fatos serão esclarecidos pela perícia e todos os dados referentes a vídeos e ao acidente estão sendo investigados e periciados. 

Mais cedo, a assessoria informou ao Splash que o vídeo foi gravado em 2019.  






Ver essa foto no Instagram










Uma publicação compartilhada por Conrado e Aleksandro (@conradoealeksandro)

QUEM MORREU NO ACIDENTE

- Luiz Aleksandro Talhari Correia (cantor), de Campo Grande (MS)

Wisley Aliston Roberto Novais (músico), de Sandovalina (SP) 

-Marzio Allan Anibal (músico), de Ibiporã (PR) 

-Giovani Gabriel Lopes dos Santos (técnico), de Londrina (PR)

- Roger Aleixo Calcagnoto (músico), de Londrina (PR) 

-Gabriel Fukuda (técnico de luz), São Sebastião de Amoreira (PR)