Diretor da Globo foi obcecado por meu namorado, diz Maitê Proença

Atriz resolveu soltar o verbo após ser demitida da Rede Globo

Maitê Proença resolveu soltar o verbo após ser demitida da Rede Globo. Ela foi entrevistada pelo programa Roda Viva, da TV Cultura, e fez algumas revelações sobre os bastidores da emissora carioca.

A veterana disse que já foi assediada várias vezes, mas sempre dava um 'passa-fora' para acabar com a situação.

“Às vezes o sujeito é inteligente. Passa dez anos tirando papéis de você porque não cedeu ou falou alguma coisa que não agradou. Ele mina seu trabalho”, lamentou

Maitê também revelou que um diretor da emissora, que é homossexual, já chegou a ser obcecado por seu namorado e fez coisas absurdas.

“Um diretor queria meu namorado. Ele precisou me tirar do caminho porque achava que seria mais fácil chegar a ele. Depois de seis meses que, em conversa com Boni, fiquei sabendo o que ocorreu. Esse diretor tinha me pedido para jogar uma garrafa contra a parede, como se fosse um ensaio”, iniciou.

“Ele gravou, mandou para o Paulo Ubiratan e disse eu que era louca e que era impossível me dirigir”, completa ela, que garante ter sido prejudicada por pura birra do profissional.


Maitê Proença
Maitê Proença


Fonte: TV Foco
logomarca do portal meionorte..com