Emma Watson espalha livros feministas por Londres com dedicatória

Foram 100 cópias do livro de Maya Angelou

Quem estiver por Londres e encontrar um livro esquecido pelas escadas rolantes, bancos ou em guichês do underground londrino, não se acanhe: pode ser um presente de ninguém menos que a atriz Emma Watson.

A bruxinha da série Harry Potter cresceu, tornou-se mulher, e tomou consciência da importância política e social da afirmação feminina, transformando-se em uma forte voz ativa do movimento no mundo. O livro “esquecido” por Emma com direito à dedicatória é a obra “Mom & Me & Mom”, da escritora americana Maya Angelou.

O projeto nasceu depois que Emma, que é embaixadora da ONU Mulheres (divisão global das Nações Unidas em prol das mulheres) decidiu criar um clube de livros entre seus seguidores no Twitter. Batizado de Our Shared Self, o clube estuda publicações feministas clássicas e literatura contemporânea. Para incluir mais pessoas entre esses leitores, Emma se juntou ao projeto Books on The Underground, coletivo que justamente estimula a leitura espalhando livros pelo metrô londrino.

Foram 100 cópias do livro de Maya Angelou espalhadas pelo subterrâneo de Londres. A obra trata da relação da autora com sua mãe, e os felizardos que encontrarem uma cópia ainda recebem, além do prazer da leitura, um bilhete da própria Emma, que diz: “Você encontrou o livro do bimestre do Our Shared Shelf. Cada escolha é realizada com cuidado, amor e atenção – esperamos que você goste. Apenas cem cópias foram escondidas no metrô pelo Books on the Undeground. Cuide do livro e quando terminar, por favor deixe-o novamente no metrô, para que outra pessoa o encontre. Se você gostou ou quer comentar, por favor me diga através do goodreads.com/oursharedself. Amor, Emma x (Watson). Londres”.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Hypeness
logomarca do portal meionorte..com