Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Escritora, atriz e roteirista Fernanda Young morre aos 49 anos

As causas da morte não foram divulgadas.

Compartilhe
Google Whatsapp

Neste domingo (25), Fernanda Young morreu, aos 49 anos. A escritora, atriz, roteirista, apresentadora de TV e colunista de O GLOBO estava no sítio da família em Gonçalves (MG).  O corpo dela será velado no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, a partir das 13h. O enterro está previsto para ocorrer as 16h no mesmo local.

Segundo as informações são do portal G1ela teve uma crise de asma seguida de parada cardíaca. Fernanda deixa marido e quatro filhos.

Young se preparava ainda para estrear uma peça em São Paulo, no dia 12 de setembro. Em "Ainda nada de novo", contracenaria com Fernanda Nobre (leia a entrevista de Fernanda Young para o Ela deste domingo).

Neste sábado, ela chegou a compartilhar uma foto no Instagram em que dizia passar o texto do espetáculo:






Ver essa foto no Instagram









Passando texto devidamente paramentada com os meus trajes de diva 🥴🌹👸🏻

Uma publicação compartilhada por  Fernanda Young (@fernandayoung) em


Seu primeiro trabalho como roteirista para a TV foi em 1995, com "A comédia da vida privada", adaptação de textos de Luis Fernando Verissimo que assinou com o marido, Alexandre Machado, exibida pela Rede Globo. No ano seguinte, lançou o primeiro livro, "Vergonha dos pés", pela editora Objetiva. Ela também foi autora da série "Normais", exibida pela TV Globo.

Marcelo  Saraiva






Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se