mais

'Estava sendo chantageado', diz cantor do Molejo ao confirmar relação

Dizendo-se vítima de uma armadilha, o pagodeiro prestou depoimento durante quatro horas na 33ª DP (Realengo).

Acusado de estupro pelo cantor e dançarino MC Maylon, de 21 anos, o vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, de 49, confirmou ontem à polícia que fez sexo com o rapaz num motel, mas garantiu que “foi tudo consensual”. As informações são do Extra.

Dizendo-se vítima de uma armadilha, o pagodeiro prestou depoimento durante quatro horas na 33ª DP (Realengo). Policiais esperam um exame de DNA em uma cueca e num sabonete que, de acordo com a suposta vítima, têm vestígios de esperma e sangue que podem ajudar a comprovar o crime. Os dois poderão ser submetidos a uma acareação, informou um delegado.

— Recebi (a acusação) com surpresa, como toda a galera. Acusação de estupro é uma coisa muito séria e não foi isso o que aconteceu — afirmou Anderson. — É importante dizer que eu estava sendo chantageado, mas aguentei tudo calado. Falei para ele "se você acha que tem que colocar tudo para a mídia, coloca". Pensei que ia falar o que tinha acontecido, eu ter saído com ele, mas não essa coisa de papo de estupro, de cueca com sangue e sêmem. Não sou nenhum menino. Sei muito bem quando uma coisa é forçada e quando não é. As provas estão aí e vão aparecer.

Anderson Leonardo, cantor do Molejo - Foto: Luiza Moraes/Agência O GloboAnderson Leonardo, cantor do Molejo - Foto: Luiza Moraes/Agência O Globo

O delegado Reginaldo Guilherme, que está à frente do caso, disse que Anderson teria vídeos que mostram Maylon em seus shows mesmo após o dia 11 de dezembro, data em que teria ocorrido o crime.

— O depoimento da vítima foi firme. Disse que eles foram ao motel e que houve conjunção carnal, e Anderson confirmou isso. Mas Anderson nega o estupro, e tudo leva a crer que não tenha acontecido. Vamos agora apurar tudo, pegar imagens de câmeras de segurança, aguardar o resultado da perícia no material que Maylon trouxe, ouvir mais gente e, se for preciso, faremos uma acareação entre os dois — informou o delegado.

Em dois depoimentos, Maylon alegou que tinha combinado um encontro com Anderson para discutir sua carreira artística. No entanto, em vez de irem para um clube, o vocalista do Molejo acabou entrando num motel com o rapaz. Maylon, que tem o rosto de Anderson tatuado em um braço, disse que, além de estuprado, foi agredido pelo ídolo.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail