mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Ex-BBB Gyselle lança livro sobre carreira e conta pedido feito a Bial

Na obra, chamada "Bonjour! Como fazer uma carreira de sucesso fora do Brasil", a atriz, que morou 15 anos na Europa, detalha sua trajetória:

Vice-campeã do "BBB" 8, Gyselle Soares se prepara para dar um passo importante em sua carreira: ela lançará um livro no próximo mês. Na obra, chamada "Bonjour! Como fazer uma carreira de sucesso fora do Brasil", a atriz, que morou 15 anos na Europa, detalha sua trajetória:

- Eu escrevi o livro há dois anos. Estava passando por um momento de depressão intensa e não sabia. No meio da minha confusão, comecei a pensar em como podia ser útil para mim mesma e para as outras pessoas. Não que seja uma biografia, que vejo como algo escrito por pessoas mais velhas, com uma trajetória mais longa. É como uma espécie de livro de mandamentos. Muita gente não tem a sorte que eu tive quando tenta sair do Brasil. Eu errei o horário da chegada, fiquei sem ter como ir para a casa onde ficaria e fui ajudada por um casal de portugueses, que poderiam ser pessoas erradas. Tive muita estrela, por isso, deu certo.

Mas nem tudo foram flores na mudança de Gyselle para o exterior, principalmente ao chegar à França, lugar onde morou por mais tempo.

Gyselle Soares (Foto: Leo Jordan)Gyselle Soares (Foto: Leo Jordan)

- Passei por muitos episódios traumáticos. Primeiro, é difícil se você tem que se adaptar com as francesas. O nosso jeito mais divertido chama muito a atenção. Todo mundo pergunta: "Quem é essa garota que bebe dois copos de bebida e já começa a falar de sexo e rir à toa?". Falam das nossas roupas também, mais alegres, decotadas, apertadas etc. Tem muito julgamento. E são coisas que ninguém fala. Você, com o tempo, vai percebendo. E a França é o pior lugar nesse sentido. Tenho até hoje cicatrizes das queimaduras de quando fui empregada. Ir para a Europa não tem príncipe encantado, não é ser prostituta. É muito difícil. Mas lá eu consegui o que não consegui aqui: trabalhar como atriz e ter minha carreira - ressalta ela, que na França atuou na TV e no cinema. 

A orelha do livro de Gyselle foi escrita por Pedro Bial, que apresentava o "Big Brother" na época em que Gyselle participou:

- Quando estava chegando ao Brasil no ano passado, escrevi para ele dizendo que estava chegando e iria trabalhar no projeto do livro. Disse que, se não tivesse uma mensagem dele na obra, era como não ter uma felicidade na minha vida. Pedi, então, que escrevesse a orelha. Em seguida, fui assaltada e fiquei sem celular. Só uns dias depois fui descobrir que ele tinha aceitado e já mandado o texto. Falou que adorou a capa também. Acho que o Bial admira o meu percurso desde o programa.

No ano passado, ela revelou que os dois se beijaram:

- Foi quando eu já morava fora. Em uma das minhas vindas ao Brasil, a gente se encontrou. Eu dei um beijo na boca dele, a gente ficou e foi só. O Pedro Bial para mim e para minha família é um exemplo de cultura e inteligência. O que ele diz sobre a nossa sociedade é muito bonito. Sou muito fã dele, mas não tem nada de paixão, amor platônico ou coisa do tipo.

Sobre o episódio do assalto, ela diz que guarda um trauma:

- Foi horrível, na porta de casa. A pessoa apontou a arma para minha cabeça e para meu corpo e me chamou de tudo quanto é nome. Poderia ter morrido. Ainda não superei, estou tomando remédio para dormir até hoje.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail