Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Família vai processar Estado por vazar foto do corpo de Migliaccio

Filho do ator disse que moverá ação após 2 PMs terem divulgado o registro do corpo do ator achado morto no RJ

Compartilhe

A família de Flávio Migliaccio (1934-2020) decidiu processar o Estado do Rio de Janeiro por vazar fotos do corpo do ator, encontrado morto nesta segunda-feira (4). Marcelo Migliaccio, filho do artista, acionou o advogado Sylvio Guerra para cuidar da causa. Ao Notícias da TV, a defesa confirmou a ação. "Foi uma violência, um desrespeito. Estarei tomando todas as medidas judiciais cabíveis", disse em rede social. As informações são do Notícias da TV.

No Instagram, Guerra afirmou que a ação será contra dois agentes do Estado, dois policiais militares, que divulgaram o registro do corpo de Migliaccio. "Divulgaram foto do meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto após suicidar-se", completou.

"Esses policiais carregam a bandeira do Estado em suas fardas. Além de vilipêndio de cadáver, elencado no Código Penal, buscaremos em face do Estado, danos causados pela absurda, abusiva e mórbida divulgação da foto de meu cliente já falecido, violando sua imagem, o luto da família, amigos e fãs", ressaltou.

Migliaccio foi encontrado morto na manhã desta segunda em seu sítio na cidade de Rio Bonito, região metropolitana do Rio de Janeiro. A ocorrência foi registrada pelo 35º Batalhão de Polícia Militar do Rio de Janeiro, após uma chamada feita pelo caseiro da propriedade, que o ator mantinha desde a década de 1970.

Como Guerra, advogado da família confirmou, ele cometeu suicídio e deixou uma carta encontrada no local. Migliaccio escreveu: "Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora. Num país como este. E com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje".

O ator nasceu na cidade de São Paulo e começou a carreira em peças de teatro na periferia da capital. Estreou na televisão em 1958, no Grande Teatro Tupi. Na Globo, sua primeira novela foi O Primeiro Amor (1972), e logo em seguida ele ficou muito conhecido ao viver Xerife, um dos protagonistas do seriado infanto-juvenil Shazam, Xerife e Cia. (1972-1974).

Migliaccio atuou em 46 atrações da Globo, entre novelas, minisséries, séries, infantis e humorísticos. Ele se destacou em A Próxima Vítima (1995), Rainha da Sucata (1990), Tapas & Beijos (2013) e mais recentemente em Órfãos da Terra.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar