Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Famosos lamentam morte de Elke Maravilha: 'Vai deixar saudade'

A artista faleceu na madrugada de terça (16)

Compartilhe
Google Whatsapp

A morte de Elke Maravilha, aos 71 anos, na madrugada desta terça-feira (16), causou comoção entre os famosos. A atriz, jurada de programas de calouros, modelo e apresentadora foi vítima de falência múltipla dos órgãos após ser submetida a uma cirurgia de úlcera. Vários famosos e amigos lamentaram a morte da artista, que estava internada em coma induzido desde de julho.

Elke chegou a ter os tubos retirados e manifestou desejo de voltar para casa, antes de passar por uma nova cirurgia, no final de semana. 

"Sempre colorida e com esse sorriso enorme. Ela me inspira desde criança porque é ousada, irreverente ,corajosa e nunca quis ser igual a ninguém... Para sempre Elke Maravilha", lamentou Sabrina Sato. 

Elke Maravilha (Crédito: Reprodução)
Elke Maravilha (Crédito: Reprodução)


"Silêncio um anjo subiu e foi encontrar como ela dizia seu painho. Saudades", acrescentou Rita Cadillac.

Preta Gil lembrou quando conheceu a jurada. "Nunca me esquecerei a primeira vez que vi essa luz em forma de gente!! Tinha 8 anos e já era fã dela no Chacrinha, quando ela entrou a sala da nossa casa eu corri pro colo dela e de lá não queria mais sair. Uma voz doce e mansa, uma beleza de doer os olhos, uma mulher à frente de todos os tempos, uma revolução estética e afetiva ambulante!! Musa inspiradora de todas as pessoas que buscam o respeito e amor ao próximo!! Elke Maravilha, o céu hoje ficou mais colorido mais feliz com a sua chegada", escreveu a cantora.

César Filho também citou uma das frases dita pela atriz. "Ninguém foi (ou será) como ela. O mundo ficou menos colorido e menos alegre. Elke partiu! Inteligente e única, soube conduzir a vida pessoal e profissional da maneira que ela sempre quis. Descanse em paz, criança linda...", escreveu. "Difícil de acreditar", lamentou Sonia Abrão.

Astrid Fontenelle, apresentadora: “Como assim, criança??? Cresci apaixonada por Chacrinha e por Elke Maravilha. Assistir ao programa do Velhor Guerreiro era obrigatório e a chegada de sua jurada mais exuberante era a glória! Sem dúvida tá no meu insconsciente a permissão para ousar no figurino, nos adereços. Ainda quem que sai de casa usando um belo batom vermelho. Será minha homenagem a ela. Intelectual, artista, musa tão querida…. Elke era unanimidade. E chamava todo mundo de criança. Tô certa de que partiu numa boa. Mas a gente lamenta, queríamos mais!”.

Paulo Gustavo, ator: “O céu hoje está mais colorido”.

Marcelo Medici, ator: “Das poucas vezes que nos encontramos, repeti que adorava vê-la atuando porque sempre foi interessante observar esse caminho oposto de tirar maquiagem, peruca e figurino para interpretar personagens mais próximos a normalidade, característica que certamente a entediava. Violante em ‘Xica da Silva’, Madame Yara em ‘Memórias de um Gigolô’, Debora em ‘Pixote’, entre tantos outros. Atriz de bom gosto, despia-se lindamente. Foi uma bela passagem Elke! Maravilha”‘

Sônia Abrão, apresentadora: “Difícil de acreditar”‘

Tatá Werneck, atriz: “Linda! Muitas cores e alegria. Autêntica e performática”.

Adriane Galisteu, apresentadora: “Livre ninguém é. No entanto, cada um tem a liberdade de escolher a prisão que quer’. – Elke Maravilha. Seu sorriso vai fazer falta…”.

Juliano Cazarré, ator: “E ela se foi sem que tenhamos aprendido por completo sua mensagem de liberdade, alegria e amor. Obrigado, Elke, por ter feito esse país um pouco menos careta e muito mais colorido”.

Lúcia Veríssimo, atriz: “Impossível não lembrar da imagem dela assim. Explosão de alegria. Sentamos na mesma bancada de jurados no Chacrinha e nos tornamos amigas. De uma inteligência invejável e uma cultura admirável foi uma das pessoas que mais respeitei. Sincera, elegante, irreverente e deliciosamente anarquista. Essa russa, francesa e mais brasileira do mundo, destemida e verdadeira, foi um grande aprendizado pra mim. Obrigada Elke”.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se