"Foi um ato de automutilação", diz Preta Gil sobre lipoaspiração

Entrevista no "Além da Conta", com Ingrid Guimarães no GNT

Remédios para emagrecer e até uma lipoaspiração feita por impulso: se hoje Preta Gil está bem resolvida com seu corpo, nem sempre foi assim. A cantora de 42 anos fala sobre seus altos e baixos no programa "Além da Conta", apresentado por Ingrid Guimarães no GNT, às 21h30.


Numa sessão de compras, a filha de Gilberto Gil conta que perdeu um bom tempo da vida tentando ser alguém que ela não era.

"Eu caí nessa armadilha e achei que emagrecer ia resolver a minha vida. Emagreci muito. tomei sibutramina, tudo isso que deixa você histérica. Fiz lipoaspiração sim e hoje, depois de muita terapia, acho que foi um ato de automutilação. Acho que a mulher não precisa chegar nesse nível. Cirurgia plástica está aí para ajudar, mas não pode banalizar. No meu caso fiz totalmente por moda", lembra a cantora, que era acompanhante de uma amiga no consultório médico e acabou entrando na faca junto com ela.

Preta, que já teve compulsão por compras, diz que é vaidosa, mas hoje atingiu o equilíbrio em relação à própria imagem. "Eu gosto de me cuidar, de me arrumar. Sou gordinha, sou negra, e é muito difícil abrir uma revista ou ver num comercial uma mulher parecida comigo. Não foi fácil chegar a essa autoestima que eu tenho hoje. Já tive muitos altos e baixos", admite. 

Image title

Fonte: Uol