Gabriela Prioli, que vinha se destacando nos debates políticos promovidos diariamente pela CNN Brasil, já não faz parte do canal. Neste domingo (29), ela anunciou sua demissão por meio do Twitter após uma discussão, ao vivo, com o apresentador Reinaldo Gottino, que comanda o Grande Debate. As informações são do site da UOL.

Mestre em Direito Penal, professora de pós-graduação em Direito na Universidade Presbiteriana Mackenzie e especialista em política de drogas, Gabriela Prioli chamou a atenção da audiência na manhã seguinte à estreia da CNN Brasil, em 16 de março. Um debate político acalorado entre ela e Caio Copolla bombou nas redes sociais e fez sua popularidade crescer.Reprodução - CNN BrasilReprodução - CNN BrasilDias depois, Copolla deixou o elenco do Grande Debate por apresentar sintomas do coronavírus. O jornalista foi substituído por Tomé Abduch, que também passou a bater de frente com Prioli. Na última sexta-feira (27), Gottino, que atua como mediador das discussões, tomou partido de Abduch e confrontou a fala da comentarista.

O episódio também alcançou grande repercussão nas redes sociais. Internautas apontaram machismo na postura de Gottino, que interrompeu a fala de Prioli mais de uma vez e saiu da posição de mediador para rebater os argumentos usados pela advogada.

Em uma série de postagens em seu perfil no Twitter, Gabriela Prioli comentou a postura dos colegas e anunciou sua saída da CNN Brasil. Segundo a advogada, houve desrespeito ao seu espaço de fala e tentativa de constrangê-la ao longo dos debates que participou.

"Seguirei, por enquanto, dividindo com vocês as minhas análises nas minhas redes e pensando em outras formas para podermos interagir e evoluir com qualidade", anunciou Prioli. Ela observou que sua popularidade das redes aumentou consideravelmente desde o início de sua participação na CNN Brasil.

Por conta das críticas ao governo do presidente Jair Bolsonaro e pela boa articulação ao defender suas teses, a advogada conquistou muitos admiradores com apenas duas semanas no ar. No Twitter, ela já conta com cerca de 350 mil seguidores.

Confira o anúncio de Gabriela Prioli na íntegra:

"Queridos antigos e novos amigos, os últimos dois dias foram de muita reflexão. Não é fácil ser firme no início de um projeto profissional, mas é impossível não me comportar segundo aquilo que eu defendo, apesar das possíveis consequências.

Eu digo a vocês, de forma reiterada, para se posicionarem, serem firmes e não cederem diante de comportamentos que vocês considerem inadequados. Se agora, quando a vida demanda isso de mim, eu agisse de outra forma, estaria sendo hipócrita.

Em mais de uma oportunidade tive que me posicionar cobrando respeito ao meu espaço de fala. É preciso ser mais contundente. O meu compromisso é com um debate racional, prospectivo, informativo e respeitoso.

Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras.

Não posso legitimar que o achismo seja equiparado ao conhecimento científico nem contribuir para acirrar a polarização. Seguirei, por enquanto, dividindo com vocês as minhas análises nas minhas redes e pensando em outras formas para podermos interagir e evoluir com qualidade.

Nessas últimas duas semanas o nosso grupo cresceu e isso me traz profunda satisfação. O meu maior prazer é essa troca que tenho com vocês. Fica aqui então o meu muito obrigada.

Nos posicionar é a forma que nós temos de conscientizar o mundo daquilo que nós consideramos fundamental."