Jornalistas que foram para entretenimento na Globo faturam milhões

São estrelas de campanhas publicitárias que os deixaram mais ricos

O que Pedro Bial, Fátima Bernardes, Patrícia Poeta e Tiago Leifert têm em comum?

Todos são jornalistas gabaritados que decidiram trocar a reportagem ou os telejornais pelo entretenimento e todos se deram muito bem: são hoje estrelas de campanhas publicitárias que os deixaram (já então mais) milionários.

Enquanto eram membros da Central Globo de Jornalismo, eles eram proibidos de fazer comerciais. Mas, ao migrarem para a Central Globo de Produção, um novo mundo de possibilidades financeiras se abriu a todos.

Todos os globais citados fazem ou já fizeram campanhas publicitárias com cachês superiores a R$ 1 milhão. 

Pedro Bial, por exemplo, já estrelou no passado uma campanha nacional de uma marca de carros e agora é a voz da campanha “Pra Frente”, do Bradesco, banco que é um dos patrocinadores de seu talk-show noturno na Globo. Estima-se que tenha recebido de R$ 1,5 a R$ 2 milhões (entre cachê e participação).

Pedro Bial
Pedro Bial


Fátima Bernardes, que estrelou nos últimos três anos a campanha da Seara, agora é garota-propaganda da Rommanel, uma empresa de bijuterias finas folheadas.

Na campanha da Seara, a estimativa era que ela recebesse algo em torno de R$ 1,5 milhão a cada seis meses.

No caso da Rommanel, o ganho não é tão grande, mas deve passar do R$ 1 milhão anual, segundo alguns publicitários. 

A jornalista ganha um cachê pela demonstração dos produtos (como qualquer “merchan”) e certamente uma porcentagem do que a empresa está investindo no matinal “Encontro com Fátima”.

Fátima Bernardes
Fátima Bernardes


Tiago Leifert, que foi âncora do “Globo Esporte” e co-apresentador do “É de Casa”, já está em sua segunda campanha milionária: no ano passado ele já havia sido garoto-propaganda da operadora Claro, com cachê estimado em R$ 1,2 milhão.

Agora ele é o “rostinho” da campanha “Missão Digital”, uma parceria entre a Magazine Luiza e a Rede Globo. Além de prêmios em dinheiro e em produtos, alguns vencedores também terão direito de participar do “É de Casa”.

O cachê de Leifert para essa trabalho é estimado pelo mercado em R$ 700 mil.

Tiago Leifert
Tiago Leifert


Patrícia Poeta é outra profissional que trocou o jornalismo pelo entretenimento e também se deu bem. 

Hoje ela é estrela de sua primeira grande campanha na TV, como garota-propaganda das sandálias Havaianas, com cachê  estimado acima de R$ 1,3 milhão.

Antes ela já havia feito uma propaganda para uma marca de detergente na internet.

Nenhuma indústria se pronuncia sobre valores de cachês.



Patrícia Poeta
Patrícia Poeta



Fonte: Uol