Uma das maiores polêmicas do ano envolveu a atriz Klara Castanho e uma situação complicada em sua vida. Com toda a repercussão da violência que foi vítima, a jovem decidiu agora processar alguns que exploraram sua vida pessoal com notícias e publicações.

Klara teria recorrido à Justiça para condenar Leo Dias, Antonia Fontenelle e Adriana Kappaz, conhecida como Dri Paz, ao abrir queixa-crime contra eles. A atriz, que foi vítima de violência sexual, estava cuidando disso de forma privada, mas teve seu nome repercutindo após notícias e comentários de personalidades.

Klara Castanho vai à Justiça e processa Leo Dias e Antonia Fontenelle (Foto: Reprodução)Klara Castanho vai à Justiça e processa Leo Dias e Antonia Fontenelle (Foto: Reprodução)Leo Dias, Antonia Fontenelle e Dri Paz foram os três primeiros a falar sobre a situação de Klara Castanho, não poupando comentários sobre a situação, mesmo sem saber de toda a história.

Dessa forma, a atriz decidiu acionar a Justiça com a abertura de queixa-crime contra os três, segundo o site Notícias da TV.

ACORDO JUDICIAL

Assim, as provas apresentadas pela equipe de Klara incluem publicações dos três citados, como o texto “Estupro, gravidez indesejada e adoção: a verdade sobre Klara Castanho”, publicado pelo colunista. Na queixa, Leo Dias é acusado de inventar mentiras e “criar um roteiro sombrio e mentiroso, em um ambiente de submundo onde Klara teria ficado sozinha no hospital”.

A ação pede que eles façam acordo – que pode variar em pagamento de multa ou cumprir serviços comunitários – com o Ministério Público, caso aceitem cumprir a pena de forma imediata.

Klara Castanho (Foto: Reprodução)Klara Castanho (Foto: Reprodução)ASSESSORIA DE KLARA CASTANHO

Ao site Notícias da TV, a equipe de Klara Castanho divulgou uma nota confirmando a ação, mas sem dar detalhes, esperando que tudo ocorra em segredo de justiça, a fim de preservar a atriz.

Desde a publicação da carta aberta por Klara Castanho, a sua defesa vem tomando diversas medidas que entende cabíveis, para que todos os crimes que envolvem essa história sejam devidamente investigados, desde a violência sexual até a exposição do caso de maneira criminosa nas redes sociais e imprensa.

Na busca pela não revitimização de Klara e pela manutenção de sua saúde física e mental, há pedido de segredo de justiça em todos os processos, por esta razão não iremos nos manifestar em mais detalhes sobre os desdobramentos de tais medidas.