Ludmilla defende funk acusado de apologia a estupro em rede social

Após a polêmica a funkeira apagou os post

Ludmilla usou sua conta oficial do twitter para defender o funk que vem causando polêmica nas redes sociais. A música ”Surubinha de leve", de MC Diguinho, foi excluída de todas as plataformas digitais, por fazer apologia ao estupro. 

O funkeiro gravou um vídeo afirmando que a música foi mal interpretada: “A rapaziada na internet, hoje em dia, entende a música de um jeito. Cem pessoas, cada um entende a música de um jeito. Eu queria passar a música de um jeito e ela foi mal interpretada. Eu vou cantar, e só quem sabe vai cantar com Diguinho e com DJ Selminho”, explicou ele.

Na versão polêmica, a música apresentava os trechos: “Hoje vai rolar suruba / Só uma surubinha de leve/ Surubinha de leve / Com essas filha da p* / Taca a bebida / Depois taca a p* / E abandona na rua”.

Ludmilla defende funk acusado de apologia a estupro em rede social
Ludmilla defende funk acusado de apologia a estupro em rede social


Antes mesmo da música viralizar, Ludmilla já havia usado o Twitter para divulgar o funk: “Só uma surubinha de leve, surubinha de leve com essas filhas da...", escreveu ela no twitter. O post causou revolta nos seguidores, e fez com que Ludmilla respondesse os ataques defendendo o funkeiro.

"Na internet fazendo graça, problematizando frase de música, mas quando toca na balada (risos), na balada não vou nem falar o que acontece. Segue o baile", escreveu ela, que por conta da repercussão negativa da música, acabou apagando os posts da rede social. 

Na conta de Ludmilla no Twitter, o que não faltou foram críticas à postura da cantora:

Ludmilla defende funk acusado de apologia a estupro em rede social
Ludmilla defende funk acusado de apologia a estupro em rede social


Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com