Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Marcela relata papo com ex-BBBs e pede fim de 'linchamento virtual'

Gizelly deu início ao assunto ao fazer uma live com o influenciador Lucas Guimarães.

Compartilhe

O BBB 20 foi uma edição histórica do reality show, tendo recorde de votos em paredões e engajamento fora da casa, o que também trouxe visibilidade, tanto positiva quanto negativa, aos participantes do programa. No Instagram, Gizelly Bicalho e Marcela McGowan falaram com seus seguidores sobre ataques que Victor Hugo vem sofrendo fora da casa e refletiram sobre cultura do cancelamento e linchamento virtual. As informações são da Quem.

Gizelly deu início ao assunto ao fazer uma live com o influenciador Lucas Guimarães. Durante a conversa, ela revelou que o ex-brother, que recebeu o apelido de VH, foi abandonado pelos amigos e não consegue sair na rua sem sofrer ataques.

"Ele não pode sair na rua. Ele está sendo linchado. O Tiago falou que linchamento não acontece, mas o menino está praticamente sendo linchado. E eu queria falar aqui nesse momento em que tem muita gente assistindo que todo mundo erra, gente. Todo mundo tem direito a uma segunda chance. E eu acredito que os erros do Victor Hugo foram muito menores que os erros de muita gente lá dentro", disse.

"Ele está sendo excluído por tudo e por todos, ele só tem o pai e a mãe. Todos os amigos viraram as costas, a igreja virou as costas. Ele não tem absolutamente ninguém e não consegue sair na rua porque as pessoas gritam com ele. Isso é muito triste. Gente, vamos parar para pensar um pouquinho que as pessoas tem coração. Aquilo foi um jogo", pediu Gizelly.

Após o relato da amiga, Marcela compartilhou uma foto da tela de uma chamada de vídeo em que aparece com Gizelly e Victor Hugo e contou como o assunto surgiu entre os três, explicando que também não tem lidado bem com a vida pós-BBB.

"Esse dia dessa ligação foi um dia super difícil para mim. Eu tinha pedido para minha família que queria procurar um profissional da saúde mental, que eu estava precisando de remédio ou alguma coisa para me ajudar a lidar com tudo que está acontecendo. Que é muita coisa boa, claro, mas muita coisa que a gente não sabe lidar. O auê que tudo que a gente fala vira, as críticas. Ela me falou que estava sentindo a mesma coisa, que tinha marcado consulta, que estava muito difícil entender tudo isso que estava acontecendo, e falou sobre a situação do Victor Hugo", disse.

Ela também falou que acredita que as pessoas estão muito intensas por conta da quarentena e que ela, Gi e VH refletiram sobre cultura do cancelamento e linchamento virtual. Para ela, é importante ouvir críticas e evoluir como pessoa, reafirmando que tem revisto suas atitudes dentro da casa, mas que existe uma diferença entre críticas e cancelamento virtual.

"Aqui fora é uma vida real e a gente só pode querer o crescimento dos outros, nunca o mal. Qualquer diferença que a gente tenha tido lá dentro da casa, com excessão de grandes conflitos, todas as outras coisas são passíveis de serem resolvidas aqui fora. Tudo é diferente sem o peso do jogo e o Victor com certeza não fez nada absurdo para merecer nada disso, a gente deveria ter mais amor no nosso coração. Se você não se identifica com alguém e não tem nada de bom para oferecer para essa pessoa, não tem nem sentido seguir essa pessoa. Você está fazendo mal para você e para ela", refletiu.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar