Marília Mendonça rebate comentário de Elba Ramalho

Marília é uma das estrelas da músicia sertaneja

Um comentário feito por Elba Ramalho, deixou Marília Mendonça incomodada. A sertaneja que é conhecida como a rainha da sofrência acabou dando uma resposta à veterana em um show realizado, em São João da Capitá (PE). 

Tudo começou quando Elba Ramalho fez críticas à presença excessiva de artistas sertanejo em festas de São João, que tinham mais shows de forró. "Acho que tem que equilibrar. É um direito do sertanejo estar no São João. Mas a programação não pode ser feita de dezoito sertanejos e dois forrozeiros", disse ela, inconformada.

Elba revelou, ainda, que teve dificuldades para fazer shows em grandes festas juninas neste ano: " eu não canto na festa de Barretos. Dominguinhos também não cantava. A festa é deles, é dos sertanejos. Eles têm essa coisa: 'essa área é nossa, aqui é a nossa'"

Elba Ramalho critica Marília Mendonça não fica calada: "Vai ter sertanejo porque o povo pediu"
Elba Ramalho critica Marília Mendonça não fica calada: "Vai ter sertanejo porque o povo pediu"


Marília Mendonça, por sua vez, comentou sobre o assunto em defesa do sertanejo. Durante a apresentação em São João da Capitá, ela disse: "Vai ter sertanejo no São João sim, viu? Porque quem quer é o público. Então, muito obrigada por me abraçarem. Sei que vocês gostam mesmo é de música boa. Não importa o estilo"

Outro que criticou a cantora sertaneja foi Alcymar Monteiro. O forrozeiro que há tempos não lota sua agenda teria dito, em um áudio de WhatsApp postado em um grupo fechado a cantores de forró e depois vazado na internet, que a artista “toca para cachaceiros”.

Segundo informações Alcymar pegou pesado com a sertaneja. “Essa senhora não tem autoridade para falar nada. Como é que ela vem falar que aqui é lugar de sertanejo? Isso é um ‘breganejo’ horroroso para cachaceiro, para quem não tem identidade. Quem tá falando é Alcymar Monteiro. Dona Marília Mendonça, você é lá de Goiás. Vá cantar lá no seu Goiás. Não vem encher o saco da gente aqui, não, entendeu?”, disparou. “Você vem lá de Goiás invadir nossa praia. Agora vê se a gente canta lá no teu Goiás. Vocês não deixam!”

Em entrevista posterior ao jornal "O Diário de Pernambuco", Marília Mendonça negou que as festas juninas tenham se fechado ao forró. "Isso é mentira. Talvez a porta não esteja aberta porque algo está fora do seu trabalho. Quem tá com trabalho legal tem portas abertas em todas as regiões do Brasil. O segredo é música boa. Não tem nada de um tomar o lugar do outro", afirmou. 

Fonte: Com informações do Metropoles
logomarca do portal meionorte..com