Miss Bumbum dá tapa na cara de homem após assédio durante posse

Rosie Oliveira vence concurso e precisa se defender de bêbado

A representante do Amazonas, Rosie Oliveira, de 28 anos, foi eleita a Miss Bumbum 2017 em concurso realizado em São Paulo, na noite desta segunda-feira (6). Com 100 cm de quadril, a modelo superou Raíssa Barbosa, do Acre, e Jane Ferreira, de Pernambuco, que ficaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Rosie contou que, pouco antes do concurso, o marido lhe deu um ultimato e a mandou escolher entre ele ou a carreira. "Eu me separei para disputar o concurso. Ele me mandou escolher, mas eu já tinha feito a inscrição. Não me arrependo da escolha", afirmou.


A agora eleita Miss Bumbum confirmou que recebeu uma proposta da revista Playboy, mas que ainda não tem nada decidido. "Tenho a proposta, mas ainda não fechei nada", disse ela, que não quis informar o valor do cachê oferecido pela publicação.

Jornalista por formação, Rosie também é engajada em questões que envolvem a política nacional e preocupada com o futuro do país. "Quero que a política no Brasil melhore, que possamos ter tranquilidade e garantir a saúde, educação e segurança a todos", avaliou ela.

Segundo a organização do evento, Rosie vai assinar contratos publicitários em torno de R$ 50 mil, além de estampar um ensaio sensual em uma revista masculina.


Barraco no final

Após o anúncio do resultado, a modelo passou por um situação no mínimo constrangedora: enquanto posava para fotos, um homem --com copo de cerveja na mão e aparentemente alcoolizado-- se aproximou dela e passou a mão em seu bumbum. Rosie não pensou duas vezes, virou as costas e acertou o tapa no rosto do homem --que não teve a identidade revelada.

"O que ele fez é machismo e é exatamente isso que eu quero combater. Não é porque eu sou Miss Bumbum que posso ser desrespeitada", reclamou a modelo, após o episódio.

Cacau Oliver, um dos responsáveis pela organização do concurso, foi informado do incidente pela reportagem. "Eu não sei quem é o rapaz, eu não vi. É ruim, mas acontece. Você está falando de uma festa onde há muitas pessoas. A gente tenta ao máximo para que não aconteça", disse ele, sem esclarecer se alguma providência seria tomada.



Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com