Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Miss Bumbum ficou 8 meses sem sexo para passar em Medicina: "Virgem"

A ex-Miss Bumbum está dividida entre dois caminhos

Compartilhe
Google Whatsapp

Érika Canela sagrou-se campeã do concurso Miss Bumbum em 2016. De lá para cá, conquistou os holofotes em mais algumas oportunidades, como no clássico episódio em que tatuou o rosto de Donald Trump nas costas –e depois quando fez a remoção da tatuagem. As informações são do UOL.

Tão fascinante figura está mais uma vez se fazendo presente nas caixas de entrada das redações de todo o país, agora por conta de uma nova e empolgante aventura garimpada por sua valorosa equipe de relações públicas: é a primeira ex-Miss Bumbum a passar no vestibular para o curso de Medicina.

A informação vem acompanhada de saborosos detalhes, pois para cumprir o desafio com louvor, fez duas promessas: ficaria todo o período sem consumir bebidas alcoólicas e também sem praticar sexo. É evidente que a notícia levantou algumas questões, respondidas com exclusividade para o Blog do Chico Barney.

Canela mandou avisar que cumpriu mesmo as duas promessas. "Sou bem rigorosa com votos. Foram 8 meses sem álcool e sexo", revelou. Mais do que isso, também compartilhou conosco um status da situação pós-aprovação. "Ainda não saí das duas secas. Estou praticamente virgem.".

Prestes a ingressar na vida acadêmica em Dracena, no interior de São Paulo, a ex-Miss Bumbum está dividida entre dois caminhos. "Olha, eu pretendo ser psiquiatra ou cirurgiã. Mas posso mudar de ideia. Meus irmãos entraram querendo uma especialidade e depois escolheram outras. Creio que tudo o que eu escolher Deus estará com suas mãos sobre mim. Isso é o mais importante."

Mas a futura médica está desesperançosa com o estado da saúde no país. "O Brasil não serve de referência. Nossos governantes tiram o dinheiro que era destinado a isso para ter paraísos fiscais ao redor do mundo. Enquanto isso, várias pessoas morrem no hospital por falta de investimentos do poder público", denuncia.
Sobre o presidente dos Estados Unidos, as impressões de Canela continuam positivas. "Eu admiro muito o Trump, ainda mais agora com ele apoiando o nosso presidente Jair Bolsonaro. Acho que eles têm personalidades próprias e regem o país com caráter e honestidade!”.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×