Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Poderosas: como as mulheres mais ricas dos EUA fizeram suas fortunas

Elas são mulheres, têm idades entre 21 e 92 anos e são donas de patrimônios que, se somados, ultrapassam os US$ 81 bilhões, o equivalente a R$ 312 bilhões

Compartilhe
Google Whatsapp

As mulheres que entraram para a lista das 80 mulheres mais ricas dos EUA fizeram suas próprias fortunas. Apesar de a lista contar com celebridades da música, televisão e esporte, a dona da maior fortuna, avaliada em cerca de US$ 7 bilhões (R$ 27 bi), atua no ramo da construção civil. É a Diane Hendriks, de 72 anos, que fundou com o marido em 1982 a ABC Supply, uma empresa de materiais de construção. Com a morte dele, em 2007, Hendriks passou a tocar o negócio sozinha e, em seguida, comprou os dois principais concorrentes. Ela também atua como produtora cinematográfica.

A lista da Forbes revela mais que a lista das maiores fortunas. O ranking indica, por exemplo, que investir na própria linha de maquiagem pode ajudar a fazer fortuna. A indústria de cosméticos ajudou oito das 80 mulheres da lista a alcançarem o status de milionárias ou bilionárias.

Área da beleza

A empreendedora mais rica desse setor, de acordo com a Forbes, não é Kylie Jenner, irmã das Kardashians e também estrela do reality show que leva o sobrenome da família, mas sim Anastasia Soare, romena radicada nos EUA. 

Soare está duas posições à frente de Jenner, a 23ª colocada. Soare, de 61 anos, se mudou para Los Angeles em 1989 e em 2000 lançou uma linha de produtos para sobrancelhas. Ela é a dona da linha de cosméticos Anastasia Beverly Hills, avaliada pela Forbes em US$ 1,2 bi, quase R$ 5 bi.

A cantora Rihanna aparece na lista em 37º lugar. Além da carreira musical, investir na Fenty Beauty, marca de maquiagem da qual é cofundadora, também ajudou a turbinar seu patrimônio, avaliado em US$ 600 milhões.

KEVIN MAZUR 

A parceira de Rihanna na Fenty Beauty é a LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton SE (LVMH), holding francesa especializada em artigos de luxo. A cantora também investe numa linha de lingerie chamada Savage X Fenty.

Outra empreendedora do ramo de cosméticos está uma posição à frente de Rihanna. É Huda Kattan, filha de pais iraquianos. Ela largou o trabalho no mercado financeiro para investir em maquiagem. Fundou em 2013 a Huda Beauty que, segundo a Forbes, vale US$ 610 milhões.

"Minha motivação não é financeira", afirmou Kattan à BBC News numa entrevista no ano passado. "Estou aqui com um propósito, não é para ganhar muito dinheiro."

Moda e riqueza

Kim Kardashian West, Toni Ko e Jamie Kern Lima também estão na lista como milionárias que investem em cosméticos.

A L'Oréal comprou em 2014 a NYX de Toni Ko e também a It Cosmetics de Jamie Kern Lima, que deixou a carreira de apresentadora de telejornal e se transformou na primeira executiva-chefe da gigante francesa.

A tenista Serena Williams é a única atleta na lista da Forbes - aparece em último lugar. Ao explicar por que incluiu a tenista na lista, a Forbes diz que ela investiu em 24 start-ups nos últimos cinco anos por meio da Serena Ventures, cujo portfólio de investimentos é estimado em pelo menos US$ 10 milhões.

Ela também lançou por conta própria uma linha de roupas em 2018, a S by Serena, e é acionista do time de futebol americano Miami Dolphins e do UFC.

"Ela tem mais de uma dúzia de parceiros corporativos e os US$ 89 milhões ganhos em prêmios (como tenista) equivalem ao dobro de qualquer uma atleta", diz a Forbes. O mundo da moda, assim como o dos cosméticos, também rende riqueza.

Você já deve ter ouvido falar das estilistas Vera Wang e Dona Karan, que estão na lista em 45º e 49º lugares, respectivamente. Mas conhece Doris Fisher (8º) ou Jin Sook Chang (14º)?

Fisher, de 87 anos, é cofundadora da marca Gap, criada em 1969 em parceria com o marido, depois que o casal lutou para encontrar uma calça jeans que vestisse bem. A empresa é avaliada atualmente em cerca de US$ 2 bilhões.

Jin Sook Chang, por sua vez, é a mulher por trás da marca Forever 21, que começou pequena em Los Angeles, com o nome de Fashion 21, e hoje emprega milhares de empregados em centenas de lojas espalhadas por diferentes países - entre eles, o Brasil.

Solução para roupas 'marcando'

Sara Blakely, fundadora da marca Spanx, de lingerie modeladora, tem uma das histórias mais interessantes. Antes de fundar a Spanx, Blakely vendia aparelhos de fax de porta em porta. Com capital de apenas US$ 5 mil, ela abriu a empresa porque não estava satisfeita com o próprio bumbum.

Numa entrevista à BBC, ela contou: "Não gostava do jeito que ele aparecia quando vestia calça branca e assim como muitas mulheres não conseguia saber o que usar sob certas roupas".

"Tive uma ideia e criei uma roupa de baixo que preenchia um nicho muito necessário para as mulheres na moda." Blakely aparece no 23º lugar na lista da revista americana, que avaliou sua fortuna em US$ 1 bilhão.

TV e música

Celebridades da televisão também estão na lista. Em 10º lugar, Oprah Winfrey é, segundo a Forbes, dona de uma fortuna de US$ 2,6 bilhões. Por 25 anos, Oprah apresentou um talk-show e acabou investindo seu salário milionário na construção um império no ramo das comunicações.

Ela é dona do canal OWN e, em junho de 2018, assinou um acordo com a Apple para produzir conteúdo original no formato de documentários e séries.

Oprah é ainda acionista dos Vigilantes do Peso, grupo do qual também é embaixadora.

DeGeneres estrelava um seriado quando decidiu anunciar publicamente que é gay. Viu a série ser cancelada e ficou anos sem trabalho.

Deu a volta por cima e, além do show que apresenta, é produtora e recebe dividendos de produtos que levam o nome dela. Judy Sheindlin, conhecida como Judge Judy, também entrou no grupo de mulheres ricas que fizeram a própria fortuna.

"Desde 2012, Judge Judy ganha US$ 47 milhões por ano para apresentar o programa de televisão com o mesmo nome", diz a Forbes. Ela está na 23ª temporada e ainda lidera a audiência no horário em que vai ao ar nos EUA.

No mundo da música, além de Rihanna, a Forbes também lista Beyoncé, Madonna, Taylor Swift, Barbra Streisand e Céline Dion. Outros nomes da TV americana também construíram a própria fortuna. Ellen DeGeneres, apresentadora de um programa vespertino, ocupa a 63ª posição e tem patrimônio avaliado em US$ 330 milhões.

Kylie Jenner, que primeiro fez fama com o reality show dos Kardashians antes de abrir o próprio negócio, é a mais jovem da lista, com 21 anos de idade. Entre as mais jovens estão também Whitney Wolfe Herd, de 29 anos, que lançou em 2014 o app de paquera Bumble.

Antes, em 2012, cofundou o Tinder. Ela tem a mesma idade Taylor Swift e Karissa Bodnar, fundadora da empresa vegana de cosméticos Thrive Causemetics. A mais velha é Alice Schwartz, de 92 anos, dona de um laboratório de biotecnologia.

Lista completa: Aqui


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×