Morreu nesta sexta-feira, 4, aos 48 anos, Max Mallmann, que escreveu e fez roteiro de várias produções da Globo. Gaúcho que vivia no Rio, ele lutava contra um câncer desde setembro de 2015. A informação foi confirmada pela Editora Rocco (veja comunicado abaixo).

Max Mallmann fez parte do time de redatores da novela "Coração de Estudante" e de séries como "Malhação", "Carga Pesada" e " A Grande Família". Ultimamente, ele trabalhava no roteiro da nova série da Globo, "Ilha de ferro".

Em seu Facebook, Mallman contou que lutava contra um câncer diagnosticado em setembro de 2015 e estava otimista quanto ao tratamento. Um ano depois, ele disse que teria que recomeçar as sessões de quimioterapia. O roteirista era casado com a escritora Adriana Lunardi, estava internado no hospital Copa D´or e morreu no Rio de Janeiro.

Segundo o comunicado da Rede Globo, o velório de Mallman será no sábado, 5, a partir das 11h, em seguida, às 13h, acontecerá a cerimônia de cremação, reservada à família.

Leia o comunicado da Ed. Rocco:

"Max Mallman estreou na literatura pouco antes de completar 21 anos, com Confissão do Minotauro (IEL/IGEL 1989). Pela Rocco, publicou Síndrome de quimera, finalista do prêmio Jabuti, e Zigurate – Uma fábula babélica (2003), além da série O centésimo em Roma (2010) e As mil mortes de César (2014), que acompanha a saga do anti-herói Publius Desiderius Dolens na Roma antiga. Baseada em ampla pesquisa, a série se filia ao romance histórico, mas flerta também com o gênero de ação e aposta numa narrativa cheia de ironia e humor. Esses últimos, aliás, eram uma marca registrada de Max Mallmann, que além de aficionado pela história do Império Romano, era dono de um senso de humor singular".

Lúcio Mauro Filho lamenta

O ator Lúcio Mauro Filho, que interpretou o personagem Tuco, da série 'A Grande Família', roteirizada por Mallman, lamentou a morte do amigo. "Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do meu querido Max Mallmann, que estava lutando contra um câncer. Um jovem talentoso, que escreveu durante muito tempo A Grande Família. Teve uma carreira brilhante, foi finalista do prêmio Jabuti e sabia como poucos equacionar a labuta do dia-a-dia com suas ambições literárias. Bom descanso Max. Tua obra te mantém vivo aqui com a gente".

Max Mallmann (Crédito: Reprodução)
Max Mallmann (Crédito: Reprodução)