Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Schmütz desce de táxi após motorista assumir que agrediu casal gay

Atriz desceu do veículo no meio do trajeto depois que taxista assumiu agressão homofóbica.

Compartilhe
Google Whatsapp

Samantha Schmütz ficou indignada durante uma corrida de táxi. Dentro do veículo, ela ligou a câmera do celular e gravou trecho de uma conversa com o motorista, que assume ter agredido um casal gay simplesmente pelo fato de eles estarem se beijando em público. As informações são da Revista Quem.

"Tomar uma atitude enérgica, entendeu? Aí eu tomei e minha mulher ficou apavorada", começa o taxista. "E o que você fez?", questiona Samantha. "Eu dei uma coça nos dois", rebate ele. "Você bateu nos dois caras porque eles estavam se beijando? O que é isso, moço?!", diz ela. Os vídeos estão disponíveis no Instagram da atriz, no destaque “[emoji de táxi] homofóbico”. Para conferir, clique aqui.

"Dei uma coça. Não tinha lei, ainda, não tinha essa liberação total. Eles desrespeitaram todo mundo. Não tem nada a ver: um montão de casal hetero, 'normal', ninguém se beijando e por que os dois ficaram se agarrando ali? Não tinha por que fazer aquilo ali. Hoje as cabeças estão diferentes. Aí dei uma coça nos dois", volta a repetir ele.

Veja também

ver mais de "Samantha Schmütz"

Em seguida, já fora do táxi, Samantha fez vídeos desabafando sobre o relato de homofobia que presenciou. "Mano, na boa, eu desci do táxi! Ele falou: 'você está descendo por causa dessa minha história?'. Eu falei: 'sim, estou descendo por causa dessa sua história! Por favor, pare o carro que não tenho como ficar aqui'", assume a atriz, que ainda fez uma série de vídeos sobre o que presenciou.


"Gente, estou muito apavorada com a falta de noção das pessoas com o espaço do outro! É em todas as áreas, que tristeza! Por isso que a gente tem que lutar pela educação, porque sem educação as pessoas não têm como respeitar o limite do outro. Até onde vai o seu limite! Pelo amor de Deus, o que está acontecendo?!", diz ela, indignada.

Depois, com um filtro da web que envelhece internautas, ela continuou: "como vocês podem ver, envelheci uns 80 anos com esses episódios de ódio, não é mesmo? 'Em um momento de cegueira, eu bati no cara!'. E se ele dá um tiro e mata?! E se ele não sabe atirar direito e você que está do lado, não tem nada a ver com isso, não está beijando ninguém, toma um tiro?! Eu desci do táxi, porque quem não se posiciona contra está a favor!" finaliza ela.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×