Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Acompanhe a despedida de Gugu, que é velado em São Paulo

Voo partiu de Orlando (EUA) e aterrissou no Aeroporto Internacional de Viracopos às 6h01 desta quinta-feira (28). Receita Federal preparou operação para recepcionar urna funerária e família do apresentador.

Compartilhe
Google Whatsapp

ATUALIZADO ÀS 16h47

Famosos  prestam último adeus a Gugu

Alessandra Scatena prestou solidariedade à família de Gugu Liberato no velório do apresentador na Assembleia Legislativa de São Paulo nesta quinta-feira (28). "A Rose está dilacerada, a dona Maria não sei onde está vindo a força daquela mulher. A Cida (irmã)... é um momento muito triste mesmo", disse a ex-assistente de palco do apresentador.

Veja também

ver mais de "Gugu"





Ver essa foto no Instagram









O emocionante último adeus.... Nesta quinta-feira chuvosa em São Paulo, muitos famosos foram se despedir de Gugu Liberato. Estrelas como Sabrina Sato, Eliana, Ana Hickmann, Luciano Camargo, Carlos Alberto de Nóbrega, César Filho e Elaine Mickely estiveram presentes para desejar seu consolo à família do apresentador. Além deles, companheiros das telinhas também foram prestar suas homenagens ao comunicador, como é o caso de Mara Maravilha, Simony e o filho Ryan Beneli – afilhado de Gugu –, Liminha, Comandante Hamilton e muitos outros que o acompanharam e também fizeram parte de sua história na TV. Enquanto isso, ainda sofremos para lidar com essa triste perda... (Fotos: Manuela Scarpa e Marcos Ribas/Amauri Nehn/Brazil News)

Uma publicação compartilhada por  Hugo Gloss (@hugogloss) em


Ex-namorada de Gugu, Alessandra contou que o amigo era um homem discreto. Porém, viveu momentos muito alegres ao seu lado. Os dois trabalharam juntos por 12 anos. "Gugu era reservado, até mesmo introvertido, mas fazia as brincadeiras com a gente. Nós nos divertíamos. Era gostoso esse momento de descontração. Ele fazia aquilo com muito amor, com muito carinho. É isso que fica... aquele sorriso largo do rosto, aquela voz marcante", afirmou ela, mostrando-se grata a Gugu.

Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas/ Brazil News

"Gostaria de estar falando em um momento de alegria, de boas novas. Desde quinta-feira a gente está sofrendo muito. É um momento de agradecer por tudo o que ele fez por todos nós. A gratidão sempre. Tenho fé e acredito que esteja em um lugar maravilhoso pela pessoa que ele sempre foi. E agora a gente está em casa em oração pela família. Pela Rose, pelas crianças", disse.

Eliana chegou abatida por volta das 15h na Assembleia Legislativa de São Paulo. Ela estava acompanhada da mãe, Eva Michaelichen, do marido, Adriano Ricco, e do sogro, Flavio Ricco. 

"Uma pessoa que vai deixar saudades, não só para os próximos, mas para quem acompanhou a trajetória. Ele realmente era uma pessoa diferente e a única coisa que peço nesse momento é oração. A gente está comovido neste momento. Ele partiu muito rápido, foi um acidente que ninguém esperava. É uma lição que temos que prestar atenção, abraçar mais quem a gente ama. Ele sempre amparou os pais, os filhos", disse ela, acrescentando: "É uma grande lição. Temos que aproveitar nossa vida ao máximo", disse a apresentadora. 

Rafael Cusato/Ed. Globo 

Luiz Bacci, que perdeu o pai há 13 anos, disse que queria confortar a família passando também sua experiência de luto.

— É um dia tão difícil para todos nós. Quando vi, pela TV, o João Augusto (filho mais velho do Gugu) chegando, só me vinha a memória eu no enterro do meu pai, 13 anos atrás, com a mesma idade dele, praticamente. Foi muito difícil. Vim como uma missão, tentar passar um pouco da minha experiência com a dor do luto para ele — explica o apresentador do "Cidade alerta".

Luiz Bacci Foto: Alessandro Giannini


Simony també não falou com a imprensa ao chegar no velório do apresentador, que era padrinho de seu filho mais velho, Ryan, de 18 anos. No Instagram, a cantora postou uma série de fotos ao lado do amigo e desabafou: ''Eu não sei me despedir. Não dá.''

Foto: Alessandro Giannini


Ana Hickmann, esteve na Alesp na tarde desta quinta-feira (28) para se despedir do amigo Gugu Liberato e fez questão de lembrar da generosidade e da alegria do apresentador. 

"Gugu era um cara maravilhoso, generoso, um grande amigo. Ele entrava na nossa sala qualquer hora do dia e nos trazia alegria. Estamos vendo esse número enorme de pessoas prestando solidariedade, por tudo o que ele era. Gugu vai fazer muita falta", afirmou emocionada a apresentadora do programa Hoje em Dia.

"Ele era incrível, merece esse carinho todo e muito mais", disse a apresentadora. "Foi um pedaço do meu coração. É um machucado que fica na alma, e a gente sabe que isso vai acontecer com todo mundo. Mas ele tinha tanta coisa para fazer ainda. Curtir a família, os filhos, a mãe. Está bem difícil."


Ana Hickmann / Foto: Reprodução/ TV Record 


Cesar Filho fez questão de falar do amigo e colega de profissão, Gugu, nesta quinta-feira (28), durante conversa com a imprensa na área de acesso ao velório do apresentador na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo).

O apresentador lembrou do início da trajetória profissional de ambos. "A gente sempre foi muito próximo. Começamos a carreira juntos. Ele conquistou tudo o que queria", disse. 

Foto: R7 

O cantor e ator Rafael Ilha foi até a Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) prestar sua última homenagem ao apresentador Gugu Liberato, nesta quinta-feira (28). 

“A gente pode guardar maravilhosas lembras. Ele foi meu ídolo, depois se tornou meu empresário, meu amigo. É difícil, o que falar dele", disse muito emocionado. "Eu vim aqui só pra olhar pra ele e dar tchau. Consegui falar com todos os familiares. O mais bacana antes de ele ter ido é ter me visto bem, sempre torceu muito por mim, me ajudou muito.”

Foto: R7

O governador de São Paulo, João Doria falou com a imprensa sobre a amizade que começou há 39 anos com o apresentador.

— Fico muito triste, nós convivemos juntos, nos frequentamos, tivemos, inclusive, um convívio familiar. É uma morte tão inesperada e chocante. Essa amizade começou com uma entrevista que fiz com o Gugu há 39 anos, numa casa que ele tinha acabado de comprar no Guarujá, ele gostava do mar. Ali, desde então, nos tornamos amigos, nos solidarizamos em vários momentos. É muito triste mesmo — diz Doria.

João Doria - Foto: R7


Os cantores Bruno e Leandro, da banda KLB, chegaram por volta de 11h30 desta quinta-feira (28) ao velório do apresentador Gugu Liberato na Assembleia Legislativa de São Paulo. Eles foram homenagear o homem que lançou a banda.

"É momento de muita tristeza. Ele tem uma história gigante com o KLB. Estamos muito abalados e solidários com toda a família. Ele foi o primeiro a acreditar na gente. Devemos muito a ele. Vai continuar vivo em nossos corações"", disse Leandro.

Leandro - Foto: R7


Mara Maravilha falou com a imprensa ao comparecer no velório de Gugu Liberato nesta quinta-feira (28). Ela chegou à ALESP bastante emocionada e relembrou as memórias carinhosas do apresentador.

"É uma luz eterna, que não vai se apagar. Temos que lembrar dele com doçura", disse Mara. "Sempre que eu encontrava ele eu cantava aquela música, 'docinho, docinho'. Ele era uma pessoa que gostava de abraçar".

Foto: Rafael Cusato/Ed. Globo


O apresentador, que morreu na última sexta-feira (22) após não resistir aos ferimentos causados em um acidente doméstico, foi transportado do aeroporto de Viracopos até o local.

Corpo de Gugu chega à Alesp para velório

O corpo do apresentador Gugu Liberato chegou à sede da Assembleia Legislativa, na Zona Sul da capital paulista, às 10h20 desta quinta (28) após desembarcar no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior paulista. Ele veio acompanhado por batedores da Polícia Militar.

Gugu, um dos maiores nomes da TV brasileira, morreu na semana passada em Orlando, nos Estados Unidos, após um acidente doméstico. Ele tinha 60 anos.

(Foto: Rafael Cusato)

(Foto: Reprodução / TV Record)

(Foto: Rafael Cusato)


ATUALIZADO ÀS 10H00

Corpo de Gugu Liberato é levado em comboio de Viracopos para velório em SP

 O comboio que leva o corpo de Gugu Liberato para o velório, na Assembleia Legislativa de São Paulo, deixou o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, às 8h35 desta quinta-feira (28). A cerimônia na capital acontece a partir das 12h. 

O voo com o corpo do apresentador partiu de Orlando (EUA) na noite de quarta (27) e chegou ao terminal de Campinas (SP) às 6h01 desta quinta. Gugu, um dos maiores nomes da TV brasileira, morreu na semana passada em Orlando, após um acidente doméstico. 

LEANDRO FERREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Corpo de Gugu chega no Aeroporto de Viracopos para velório; fotos

Por volta de 6h01 desta quinta-feira (28), o voo com o corpo de Gugu Liberato chegou ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, em São Paulo. O velório do apresentador será na Assembleia Legislativa de São Paulo, na capital, a partir das 12h. Gugu, um dos maiores nomes da TV brasileira, morreu na semana passada em Orlando, nos Estados Unidos, após um acidente doméstico. Ele tinha 60 anos. O voo que trouxe o corpo do apresentador e a família ao Brasil partiu de Orlando na noite de quarta-feira (27). As informações são do G1.

A concessionária Aeroportos Brasil, que administra Viracopos, informou que os familiares de Gugu, entre eles a mãe de 90 anos, esposa e os três filhos, passarão pela imigração normalmente e serão direcionados a uma área reservada para aguardar a liberação da urna com o corpo do apresentador.

LEIA MAIS: Viúva de Gugu Liberato fala pela primeira vez sobre o acidente

Depois, terão acesso ao transporte que os levará para São Paulo. A família também pediu uma sala no terminal para fazer a maquiagem do corpo.

Reprodução/EPTV


Durante o desembarque, a movimentação foi tranquila no aeroporto. Dois fãs do apresentador, moradores de Piracicaba (SP), foram até o terminal para acompanhar a chegada. Um deles, Djalma Schiavi, levou uma coroa de flores em nome do fã clube do apresentador Sílvio Santos.

O caixão com o corpo de Gugu foi retirado pela porta lateral da aeronave dentro um contêiner, antes da saída dos passageiros. A urna foi recolhida por um carro funerário na pista do aeroporto e seguiu para o terminal de cargas para os procedimentos de imigração. A Receita Federal preparou uma operação para o recebimento do corpo e liberação para o translado até a capital paulista.

Eduardo Rodrigues/EPTV


O corpo fará o percurso até a Assembleia Legislativa no carro funerário, acompanhado por três viaturas da Polícia Militar Rodoviária, sem paradas programadas, com trajeto pela Rodovia dos Bandeirantes, segundo informou a concessionária Autoban. Segundo a assessoria de Gugu, não haverá cortejo.

A cerimônia, que será aberta ao público, deve começar por volta das 12h desta quinta e terminar às 10h da sexta-feira (29). O corpo de Gugu será velado em caixão aberto. A entrada para o velório será pela Avenida Sargento Mário Kozel Filho. Em seguida, o corpo será enterrado no jazigo da família no Cemitério Getsêmani, no Morumbi, também na Zona Sul.

LEIA MAIS: Rodrigo Faro tem reação vergonhosa em programa de homenagem a Gugu

Gugu sofreu um acidente em sua casa na Flórida, nos Estados Unidos, na quarta-feira (20). Ele tinha 60 anos e era pai de três filhos que teve com a médica Rose Miriam di Matteo: João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sophia, de 15 anos.

Reprodução/EPTV


Doação de órgãos

A cirurgia para retirada dos órgãos para doação foi realizada no domingo (24), dia em que a família divulgou uma carta sobre a decisão do apresentador.

Antes do início da cirurgia foi realizada uma cerimônia com presença da equipe do hospital e os familiares do apresentador. Na ocasião, Os familiares de Gugu elaboraram uma carta escrita em primeira pessoa falando sobre o desejo do apresentador de doar seus órgãos.

Reprodução/EPTV


“Deus em sua infinita bondade nos dá a oportunidade da vida. Vivi minha jornada na Terra seguindo os ensinamentos que recebi de meus pais, Augusto e Maria do Céu. Com eles aprendi a importância de olhar para o próximo com amor e fraternidade. Agora eu sigo adiante por um caminho que me levará mais próximo ao Pai. E neste momento quero praticar os ensinamentos do mestre Jesus. Assim como ele compartilhou o pão com os seus, eu compartilho meu corpo com aqueles que necessitam de uma nova oportunidade de viver. Aos meus familiares eu agradeço por terem realizado a minha vontade. Tenham certeza que, a partir de agora, eu estarei batendo em muitos outros corações e compartilhando minha vida com outros irmãos. Que eu seja um instrumento de amor, oportunidade e de luz. Gugu”, diz o texto.

Queda e acidente

A morte de Gugu Liberato aconteceu no dia 20 de novembro após uma queda de quatro metros de altura na casa dele, num condomínio fechado em Windermere, próximo a Orlando, no estado da Flórida (EUA). Ele estava com o filho João Augusto, de 18 anos, as filhas gêmeas, Marina e Sophia, de 15 anos, e com a companheira dele Rose Miriam di Matteo.

Reprodução/EPTV


Segundo relatos da assessoria, ele subiu no forro da residência para tentar trocar o filtro do ar-condicionado quando pisou em uma parte do forro feita de gesso, que cedeu. O apresentador bateu a cabeça, chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. O óbito foi confirmado na última sexta-feira (22), às 21h06, horário de Brasília.

Vida e carreira

Antônio Augusto Moraes Liberato nasceu na Lapa, bairro de classe média de São Paulo, em 10 de abril de 1959. Filho caçula de portugueses, tinha dois irmãos, Amandio Liberato e a numeróloga Aparecida Liberato.

Fã de Silvio Santos, conseguiu se aproximar do apresentador aos 13 anos ao lhe entregar uma carta. Um ano depois, começou a trabalhar na TV como auxiliar de produção do empresário, que na época tinha um programa na TV Globo.

Estadão Conteúdo

Em 1982, Gugu passou a apresentar seu primeiro grande sucesso na então TVS: o programa "Viva a noite". A atração, que alavancou sua carreira, teve destaque por trazer números musicais de artistas em alta na época.

Em 1987, Gugu assinou contrato com a Rede Globo, mas Silvio Santos foi pessoalmente conversar com o jornalista Roberto Marinho e conseguiu a liberação do apresentador. Silvio iria passar por uma cirurgia delicada e precisava de Gugu para assumir boa parte da programação de domingo no SBT.

Na emissora, Gugu comandou outros programas e quadros de auditório com gincanas, famosos e atrações musicais, como "Sabadão sertanejo" e "Corrida maluca", além do game show “Passa ou repassa”.

Moacyr dos Santos/Arquivo SBT

Em 1993, estreou outro grande sucesso, "Domingo legal", que comandou por 16 anos. No programa, o apresentador esteve à frente de quadros como “Táxi do Gugu”, “Banheira do Gugu” e “Gugu na minha casa”. Também apresentou números musicais e comandou brincadeiras de palcos com artistas convidados.

Na atração, Gugu também eternizou a música “Pintinho amarelinho”, cantando e dançando repetidas vezes no palco.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar