TV Globo exige que Fábio Assunção se trate para não perder contrato

A permanência de Fabio Assunção na TV Globo está incerta.

A permanência de Fabio Assunção na TV Globo está incerta. Após ser detido e autuado por resistência à prisão, desacato e dano ao patrimônio público durante confusão na madrugada de sábado (24) em Arcoverde, em Pernambuco, a emissora deu um ultimato no ator, exigindo que ele inicie o tratamento para controlar o consumo de álcool e drogas ilícitas. Segundo o colunista Léo Dias, do programa "Fofocalizando", do SBT, a Globo não quer ter seu nome envolvido em novos escândalos do tipo e, por isso, colocou o tratamento como condição para que ele continue com o contrato na empresa. A emissora já teria oferecido assistência para o ator tratar a dependência química e alcoólica em outra ocasião de descontrole do artista.

Fabio Assunção foi a Pernambuco para divulgar documentário "Samba de Coco", feito em parceria com Pally Siqueira, com quem namora há pouco mais de 1 ano, quando se envolveu em brigas com moradores e policiais após ingestão excessiva de bebidas alcoólicas. Liberado após pagar fiança de cerca de R$ 9 mil, o ator usou sua conta no Instagram para se desculpar com os fãs: "Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde. Era uma noite de celebração. Tínhamos acabado de exibir nosso documentário filmado no sertão pernambucano no palco principal do festival de São João. Então fomos com a equipe confraternizar e a situação saiu do controle. Infelizmente aconteceu uma briga". Continuando, o artista afirmou ter pedido para ser feito um exame toxicológico para ser comprovado que ele não usou drogas ilícitas e ainda garante que irá arcar com todos os prejuízos. "Peço a todos sinceras desculpas. Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo", finalizou Fabio.


Fonte: Com informações do Purepeople
logomarca do portal meionorte..com