Ambulantes montam barracas e esperam boas vendas durante o Corso

Fiscais da prefeitura acompanham a montagem das estruturas

Os 400 ambulantes cadastrados pela Prefeitura de Teresina para trabalharem durante o Corso 2017 já estão se instalando na avenida Raul Lopes. As estruturas de camarotes oficiais e as que serão base para transmissão das emissoras de TV já estão sendo finalizadas. A expectativa é de aumento no lucro em relação a edição do ano passado. 

De acordo com a vendedora Maria da Conceição, o Corso é o evento em que ela mais lucra durante o ano. "Já participei nos anos passados, há quatro anos, e foi uma maravilha. Espero que esse ano seja melhor. Vendo comida e bebida de todo tipo. Ano passado consegui vender muito. Sempre participo de outras festas na cidade, mas o Corso é o que mais a gente lucra", afirma.

Estrutura do corso já está sendo montada (Crédito: Romulo Piauilino)
Estrutura do corso já está sendo montada (Crédito: Romulo Piauilino)

Dona Maria da Conceição costuma participar de outros eventos ao longo do ano e se prepara para o Corso com antecedência, sempre para garantir que vai ter comida e bebida durante toda a festa. 

Já Marcos Aurélio está aproveitando o evento para iniciar no ramo das vendas como ambulante. Ele trabalha na venda de lanches mas viu no Corso uma oportunidade de garantir o aumento de sua renda.

"É a primeira vez que participo do Corso. Trabalho vendendo lanche e vou aproveitar esse momento de festa. Estou iniciando nessa área agora porque é um extra. Vou madrugar aqui, revezando com um vizinho meu, para guardar a barraca. Vou vender cerveja, refrigerante e cigarro. Participei ano passado do Capote da Madrugada e esse ano espero que seja bem melhor. Tenho 40 fardos de cerveja e vamos ver no que vai dar", relata.

O cadastro dos ambulantes que participarão do Corso 2017 foi feito pela SDU Leste. Em acordo com o Ministério Público Estadual, a Prefeitura definiu que 400 ambulantes seriam inscritos e distribuídos de forma organizada ao longo do percurso na avenida Raul Lopes. 

A Vigilância Sanitária do município atua em parceria, orientando os ambulantes sobre a forma correta de acondicionar os alimentos e noções de higiene, como o uso de avental e touca no cabelo. No dia do evento, técnicos da Vigilância farão a inspeção das barracas.

Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com