Vencedores do Troféu do Corso 2017 recebem troféus na Rede MN

O grande vencedor levou uma moto 0 quilômetro

Os vencedores da premiação Troféu do Corso, iniciativa promovida pela Rede Meio Norte, receberam na tarde de quarta-feira (21), durante o Programa Super Top, apresentado por Raquel Dias, os troféus de cada categoria, além de uma moto 0KM, para o grande vencedor, referente a competição de 2017. A votação aconteceu por decisão popular realizada através da página no Facebook do Portal Meio Norte.

O educador físico e modelo Antonyel Marquez de Sousa, de 20 anos, acumulou mais de 1,2 mil curtidas na imagem em que aparece com a fantasia de Bombeiro Gato e levou a motocicleta 0KM para casa. Ele também ficou em primeiro lugar na categoria “As minas pira” (O mais belo do Corso) e garantiu o troféu. “Eu me simpatizei com a fantasia do Bombeiro e resolvi incrementar para chamar mais atenção e acabou dando certo”, disse o jovem que soube que estava concorrendo ao prêmio através das redes sociais.

Antonyel Marquez de Sousa (Crédito: Ana Cláudia Souza)
Antonyel Marquez de Sousa (Crédito: Ana Cláudia Santos)

“Eu vi minha indicação estava tendo um bom retorno e quando soube que tinha uma premiação para a foto mais curtida, me motivou em ir atrás de mais curtidas para ganhar”, revelou Antonyel, que todos os anos participa do Corso, mas que pela primeira vez foi fantasiado. O modelo adiantou que vai buscar inovar na fantasia a cada ano para incentivar o evento que faz parte da cultura do Piauí.

A maquiadora Isa Oliveira, de 18 anos, conquistou o título de mais bela do Corso, na opinião dos internautas com a fantasia de Bombeira Gata, que obteve o primeiro lugar na categoria “Linda que dá raiva”. “A gente tem que participar e incentivar o Corso, pois essa é uma festa nossa e não podemos deixar essa cultura morrer”, afirmou a jovem ao recebeu seu troféu estilizado.

Bombeira Gata (Crédito: Ana Cláudia Souza)
Bombeira Gata (Crédito: Ana Cláudia Santos)

Quando o dentista Paulo Egídio, a bancária Socorro Campelo e a enfermeira Naira Denise, decidiram se unir para produzir a fantasia “Muro do Trump”, não faziam a menor ideia de que iriam ser escolhidos pelos internautas como a fantasia mais engraçada, na categoria “Rindo até 2018. O grupo de amigos já participa da festa mais popular do Piauí há cinco anos e faz questão de ir fantasiados em todas as edições.

Muro do Trump (Crédito: Ana Cláudia Souza)
Muro do Trump (Crédito: Ana Cláudia Santos)

“O espírito do evento é estimular a criatividade e por conta disso a cada ano nós nos reunimos para produzir a nossa própria fantasia e sem gastar muito. O que vale mesmo é a vontade de participar”, disse Paulo Egídio, na oportunidade em que agradeceu a todas as pessoas que participaram da votação.

O vencedor da categoria “Mula sem cabeça” (A fantasia mais tosca e sem noção), foi o conferencista Leonardo Andrade, de 21 anos, com a fantasia do “Hulk Magrelo”. Ele conta que esse é o terceiro ano que desfila na avenida caracterizado do personagem. “Meus amigos me deram a ideia de me fantasiar de Hulk Magrelo há três anos e desde então vou para o Corso vestido dessa forma e esse ano tive a surpresa de ser indicado e ganhar esse troféu”, ponderou.

Hulk Magrelo (Crédito: Ana Cláudia Souza)
Hulk Magrelo (Crédito: Ana Cláudia Santos)

Os vencedores da categoria “Quebrei meu cofrinho” (A fantasia mais bem produzida), foi o para o fotografo e design de moda João Victor, de 24 anos e seu amigo, o bacharel em Direito Joel Sales, de 27 anos com as fantasias de Worldcraft e Mad Max. “Nós já participamos de outras edições com outras fantasias e esse ano foi a que mais chamou atenção. A gente sempre faz uma pesquisa e tenta produzir alguma fantasia que ninguém vai usar”, declarou João Victor.

João Victor e Joel Sales (Crédito: Ana Cláudia Souza)
João Victor e Joel Sales (Crédito: Ana Cláudia Santos)

O baiano que mora em Coelho Neto, no Maranhão, Paulo César, de 25 anos, ganhou o título de fantasia mais ousada, na categoria “No céu ninguém me acha”, com a fantasia de “Negão do Whatsapp”. Essa foi a primeira vez que o músico participou do Corso de Teresina e garante que foi a melhor festa popular que já participou, por isso mesmo já vai começar a pensar na sua fantasia para 2018.

“Eu sou de Salvador, mas passei a morar no Maranhão e decidir vir participar do Corso no dia do evento e vi que essa imagem era bastante compartilhada nos grupos de Whatsapp e decidir me fantasiar assim, além de ser a mais em conta e pretendo muito vir no próximo ano de novo”, enfatizou.

Paulo César, o negão do Whatsapp (Crédito: Ana Cláudia Souza)
Paulo César, o negão do Whatsapp (Crédito: Ana Cláudia Santos)

Iniciativa realizada pelo Grupo Meio Norte

A promoção Trófeu do Corso é uma iniciativa realizada pelo Grupo Meio Norte de Comunicação e em sua segunda edição é realizada para prestigiar aqueles que usam a criatividade para montar sua fantasia e aproveitar a festa. A escolha dos concorrentes acontece através da produção que seleciona os três indicados nas seis categorias e abre a votação para decisão popular realizada através da página no Facebook do Portal Meio Norte.

Os ganhadores de cada categoria, assim como o vencedor geral recebem um troféu estilizado. Podem concorrer a promoção, o folião que participa do Corso e publica sua foto nas redes sociais com hashtag #corsomn, além dos concorrentes que são selecionados pela produção do concurso durante o evento.

Os vencedores do Trofeu do Corso (Crédito: Ana Cláudia Souza)
Os vencedores do Trofeu do Corso (Crédito: Ana Cláudia Santos)

Em 2017, o Corso de Teresina aconteceu no último sábado (18), na avenida Raul Lopes, e reuniu aproximadamente 330 mil pessoas, segundo a Prefeitura de Teresina. O maior evento pré-carnavalesco do Piauí foi transmitido, em tempo real pelo Grupo Meio Norte de Comunicação através da Rede Meio Norte, com mais de 5 horas de transmissão ao vivo, cobertura completa do Jornal Meio Norte impresso e Online, transmissão virtual e cobertura fotográfica pelo 

Fonte: Portal Meio Norte