Um homem furtou uma bolsa que estava dentro de um carro estacionado no centro da cidade de Itororó, localizada a 500 km de Salvador, segundo informações da Guarda Municipal local. Ainda de acordo com o órgão, o carro pertence a Roberto Freire, gerente da fazenda da família do ator Marcos Palmeira. O gerente confirmou a história.

Em conversa na tarde desta segunda-feira, o ator disse que ele e o gerente, que estavam juntos em um passeio no centro da cidade, resolveram perdoar o suspeito do crime, que ocorreu no domingo (12).

"Eu estava com Roberto, fomos para a delegacia. O cara que cometeu o crime já é conhecido na região. Foi uma coisa muito deprimente, ele chorou muito e resolvemos dar uma nova oportunidade para ele. Esperamos que isso não aconteca mais. O homem não chegou a ser autuado porque não conseguimos registrar queixa. Na delegacia não tinha escrivão e nem delegado. Por conta disso não registramos a queixa e resolvemos perdoar", disse.

O suspeito do furto foi detido por um guarda municipal à paisana que passava pelo local no momento do crime. Ele foi levado para a delegacia da cidade.

Segundo um dos guardas municipais que atendeu a ocorrência e que prefeiriu não se identificar, ao ver o ator, o suspeito ficou de joelhos, chorou e pediu desculpas. O suspeito foi liberado minutos depois.

Segundo a polícia, o suspeito já tem passagem pela polícia por roubo e estupro e está em liberdade condicional. A polícia não flagranteou o crime porque a unidade policial só funciona durante os fins de semana.

O ator está na cidade de Itororó desde o dia 5 de janeiro e segue para o Rio de Janeiro na quarta-feira (15).