Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mauricio de Sousa homenageia criadora do álcool gel

Lupe Hernandez, responsável pelo desenvolvimento de um dos itens mais essenciais da atualidade, é a mais nova Dona da Rua da História

Mauricio de Sousa homenageia criadora do álcool gel
Homenagem | Divulgação
Compartilhe

Utilizar máscaras, lavar as mãos e higienizá-las com álcool gel 70% se tornaram atividades essenciais para combatermos o novo coronavírus. Mas você já parou para pensar em quem criou cada um desses itens importantes para a proteção da população? Não, né?! Para ajudar um pouco nessa questão, a Mauricio de Sousa Produções, que tem homenageado mulheres que marcaram a humanidade com seus feitos na área da ciência e saúde, traz a história de Lupe Hernandez, a mulher responsável por inventar o álcool gel.


A enfermeira americana desenvolveu o produto em 1966, que desde então tornou-se um item essencial para manter as mãos limpas e desinfetadas. Seu feito ímpar é considerado muito importante na história da ciência. E, por isso, é a nova homenageada do projeto Donas da Rua da História, representada na ilustração pela personagem Marina.

A invenção revolucionária de Lupe garante a segurança e higiene não apenas dos profissionais da saúde, mas de toda a população. Criado para facilitar o transporte de um item tão importante, o álcool gel é hoje um dos principais ingredientes no combate a COVID-19. Capaz de matar vírus e bactérias, o produto foi protagonista em outras pandemias, como a do vírus H1N1 em 2009. E, desde então, passou a ser indispensável em ambientes públicos, escolas, ou em dispensers nas paredes de locais com grande circulação de pessoas.

A inventora do álcool gel é citada em The Growth and Development of Nurse Leaders, Second Edition, livro sobre enfermagem e liderança profissional publicado em 2019. A nova homenageada se une a nomes importantes da saúde já presentes no hall do Donas da Rua da História, como a infectologista Ho Yeh Li, as enfermeiras Florence Nightingale e Ana Néri e as pesquisadoras Ester Sabino e Jaqueline Goes de Jesus, que sequenciaram o genoma do novo coronavírus.

A ação da MSP demonstra seu compromisso como signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, plataforma da ONU Mulheres e Pacto Global. Em uma de suas áreas, o Donas da Rua da Ciência, tem como objetivo resgatar a trajetória de pesquisadoras e cientistas que marcaram a humanidade com suas ações. O projeto pode ser conferido no site: http://turmadamonica.uol.com.br/donasdarua/ddr-da-historia.php.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar