Ritinha invade quarto de Zeca e o seduz: 'Ainda és doido por mim’

Sereia está interessada em conseguir o divórcio do ex-noivo

Ritinha (Isis Valverde) é mesmo atrevida. Interessada em conseguir o divórcio de Zeca (Marco Pigossi), ela faz todo um jogo de sedução para convencer o ex, em A força do querer. depois de beijar o namorado de Jeiza (Paolla Oliveira), ao visitá-lo na cadeia, a sereia se entoca no quarto do rapaz, que a esta altura, terá saído na prisão. Quando ele chega no cômodo, se assusta ao dar de cara com a bela. “Vim pegar minha resposta”, diz ela, toda sedutora.

Zeca indaga como ela entrou em seu quarto e afirma que ainda não sabe se ela merece que ele faça algo por ela. Ritinha pergunta se ele tem tanta raiva dela e o rapaz confirma e a manda embora. “Não arredo daqui sem saber tua resposta! Tu vais fazer o que eu te pedi?”, quer saber a sereia. O ex-caminhoneiro diz ainda não saber. “Me atenta não que eu já não tô bom da cabeça hoje!”, brada o paraense. “Tu queres que eu me rasteje nos teus pés, é? Pois não vou me rastejar não! Se me prenderem por causa de ti, se eu ficar largada por causa de ti, tu vais tomar conta do meu filho, que eu mando entregar ele aqui, viste?”, avisa Ritinha.

O filho de Abel (Tonico Pereira) se surpreende, diz que não vai tomar conta de ninguém e que o garoto tem pai para isso. “Tu não vives cheia de pavulagem, que aquele Ruy é doido por ti? Até te arrancar do meio do teu casamento ele foi? Pois então? Pede pra ele pra pagar o que tu me deves que ele paga! Pede pra ele!”, provoca. “Se fosse tu, tu pagavas?”, diz ela, já com ar de sedução.

Sem querer se alongar, Zeca dispara: “Pagava não! Fosse comigo eu nem tava mais contigo, já tinha era te largado! Meu pai é que tava certo... Tu não tens amor por ninguém... Tu és bem filha de boto mesmo!”. “Tu sabes que eu não ia fugir de ti, que eu já te disse!”, afirma a sereia. “Tu tinhas amor por mim, Ritinha? Tu tem essa coragem de falar que tinha amor por mim? Mente que a cara nem treme! Tô quase é te arrastando pra fora daqui”, rebate o moço.

Ritinha, então, toca o fio que o índio deu a Zeca. E, bem sedutora, vai se chegando perto do ex, que vai se quebrando. “Já disse o que queria dizer, não disse? toma o beco!”, ordena. “Tu ainda és doido por mim, que eu sei!”, provoca a bela. “Sou nada! Não sou mais doido por ninguém! Já fui muito besta com essa coisa de amor. Sou mais não!”, diz o ex-caminhoneiro, tentando manter-se firme.

A paraense o encara e o manda arrastá-la para fora dali. “Olha! Tu não me desafia não!”, diz Zeca. “Me arrasta! Porque com minhas pernas não vou!”, garante Ritinha, olhando nos olhos do ex. Rendido, o rapaz a puxa para si e a beija. Tumultuado, o namorado da policial sai do beijo se perguntando que doideira foi essa. “Tu inda és doido por mim!”, decreta Ritinha. Zeca tenta resistir: “Vaza daqui, Ritinha... não tá certo isso não... eu falo com a advogada... vou fazer o que tu estás me pedindo... mas vai... vai e não volta mais não!”.

A sereia afirma que gosta dele. O ex pergunta sobre Ruy (Fiuk). “Eu gosto dele também! cada um de um jeito!”, responde ela, sem problemas. “Vai... tô te pedindo... vai! sossega, não vou fazer nada que te dê prejuízo! vou é tomar meu banho!”, garante Zeca, muito mexido com a ex-noiva.



Fonte: Extra