mais

Vitória Rodrigues estreia clipe “Muito Prazer, Eu Sou Mulher”

Vitória Rodrigues mostra sua multiplicidade artística em homenagem ao Dia da Mulher.

Reverenciando a força do feminino, a ancestralidade e a liberdade, "Muito prazer, eu sou mulher" é uma obra audiovisual com música de composição original da atriz, cantora e cordelista Vitória Rodrigues, que entre poesia e música pretende atravessar o tempo, reverenciando a força madre gestora que vive em cada mulher. O clipe que será lançado sexta-feira (5), às 10 horas, em seu canal do YouTube e em seu perfil do Instagram @vitoriarrodrigues, na segunda-feira (8), Dia da Mulher, às 10h, conta com a participação mulheres que potencializaram a caminhada artística da cantora, como: Taís Araújo, Astrid Fontenelle, Gaby Amarantos, Djamila Ribeiro, Ingrid Guimarães, Margareth Menezes, Iara Cassano, Karen Lino, Natalia Sant’ana, Sémada Rodrigues, Raquel Poti, Bella’s, Livia Laso.

Clipe em homenagem do Dia da MulherClipe em homenagem do Dia da Mulher

A canção contou também com um coro de mulheres que também influenciaram diretamente a trajetória da artista  entre elas estão Juliana Linhares, Verônica Bonfim, Karol Barros, Júlia Juazeira, Natascha Falcão, Lorena Lima, Claudia Barbot, Luiza Otero, Débora Cecília, Luiza Paranhos, Clarisse Dessaune, Marcela Coelho, Ana Bárbara Vila Nova.

Vitória ainda lembra que a construção do clipe foi possível porque houve um grande clima de parcerias, a partir dele, percebeu o quanto é bom ser cercado de pessoas que acreditam na sua arte, no seu projeto e no que a música traz. “O clipe era para ser bem pequeno, mas por conta do abraço dessas pessoas que acreditaram na minha arte, ele cresceu ainda mais, e é isso que importa na vida, a união entre as pessoas e principalmente entre as mulheres, para que seja possível nos acolher, nos amar, segurar nas mãos umas das outras e através disso transformar nossas realidades e nos tornar mais fortes”, comenta a cantora.  

A composição, que traz um relato de força da mulher e valorização do feminino, conta como é conseguir transcender para além do que lhe é imposto, como fruto gerador do que é o mundo, a Nova MPB é o gênero musical que embala a composição. O clipe tem direção musical de André Muato e direção geral de Shirlene Paixão, que atualmente também dirige o programa “Sexta Black” no GNT.  

O cordel que permeia a canção nasceu em 2019, na criação da  banda "Forrozinas", uma banda de forró  que Vitória participa composta só por mulheres. Com a chegada da pandemia, em 2020, a cantora teve  que voltar para sua cidade de origem em Igaci, interior de Alagoas. Foi uma grande mudança, pois estava desenvolvendo sua carreira no Rio de Janeiro a um bom tempo. Surge então a inspiração de compor para falar do poder feminino que transcende, pois quando para ela parecia que sua carreira artística iria parar, foi que sua realidade mudou logo após a viralização de seus vídeos de poesia na internet. Esta música é um recado para que as mulheres não se aprisionem, mas transcendam o que há dentro delas e sejam o que quiserem ser.

O projeto tem apoio financeiro do Governo de Alagoas através da Secretaria de Estado da Cultura, via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. A produção é de Aline Mohamad. “Vitória é um furacão. Nos conhecemos mesmo durante a pandemia e fomos nos aproximando nas lives pandêmicas, onde pudemos alinhar nossas ideias, escrever projetos e sonhar juntas. "Muito prazer, eu sou mulher" é só o começo desse sonho, o início de uma linda parceria”, pontua a produtora.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail