Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

10 anos depois, Atlético-GO e Goiás reeditam clássico no Brasileirão

Após 10 anos, equipes goianas voltam a se enfrentar na Série A. Retorno do clássico aumenta expectativas de técnicos e dirigentes para a temporada

10 anos depois, Atlético-GO e Goiás reeditam clássico no Brasileirão
Jogo | Divulgação Atlético-GO
Compartilhe

Atlético-GO e Goiás em campo pelo campeonato estadual deste ano (Créditos: Divulgação/Atlético-GO)

Um dos clássicos mais tradicionais do nosso futebol está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro. O Clássico do Equilíbrio, como é conhecido o duelo entre Atlético-GO e Goiás, será disputado no Brasileirão Assaí 2020 pela primeira vez em 10 anos. O reencontro deixou técnicos e dirigentes empolgados com a chance de escrever mais um capítulo dessa rivalidade na elite do futebol nacional.

Os jogos entre Goiás e Atlético-GO ocorrerão na 5ª e na 23ª rodada do Brasileirão Assaí 2020, com as datas base de 22 de agosto e 5 de dezembro, respectivamente. Estes serão os quinto e sexto duelos entre as duas equipes na primeira divisão. Até aqui, foram uma vitória para cada lado e dois empates. Não é à toa que o duelo é conhecido como Clássico do Equilíbrio.

O hiato de 10 anos sem o confronto na Série A aumenta a ansiedade e mexe com o ânimo das duas torcidas. Diante de tanta história e rivalidade, as partidas são tratadas de maneira especial pelos treinadores. Comandante do Atlético-GO, Vagner Mancini sabe que será uma partida diferente, mas frisou que o principal foco está no próprio Dragão.

“Serão dois clássicos, que eu tenho certeza que serão dois grandes jogos. São equipes que se conhecem e se enfrentaram no estadual. Ninguém está muito focado em outras equipes por causa do que estamos vivendo. A expectativa não é só nossa, que vivemos o clube, mas também do torcedor. Além disso, vamos buscar a permanência na primeira divisão com muita propriedade, para isso gerar uma mudança no clube”, revelou.

Heber Gomes

Do lado verde do embate, o técnico Ney Franco ressaltou o lado psicológico de um jogo como esse. Mais do que saber a importância de vencer um clássico, Ney também quer usar essas partidas como grandes motivações para a campanha do Goiás no Brasileirão.

“A possibilidade de clássicos regionais dentro de um Campeonato Brasileiro sempre sacode os sentimentos de atletas, comissão técnica, diretoria e principalmente da torcida. Estamos na expectativa de realizarmos um bom campeonato com um desempenho elevado. Na nossa programação para os dois confrontos contra o Atlético, além dos aspectos físicos, técnicos e táticos, vamos abordar muito o lado emocional. Espero que os encontros contra o nosso rival possam mostrar ao Brasil bons jogos e como muita entrega dos jogadores”, dissecou.

O caminho até o clássico 

Em 2019, o Esmeraldino, na primeira divisão, surpreendeu muita gente, terminando na décima colocação, posição que lhe garantiu uma vaga para a Copa Sul-Americana. O Verdão ficou a apenas dois pontos da zona de classificação para a Libertadores, o que ratifica o boa campanha. Mauro Machado, vice-presidente de futebol do Goiás, lembrou das circunstâncias atípicas em que o campeonato deste ano será realizado, mas confia em mais uma grande temporada.

“A nossa campanha tende a ser melhor que a do ano passado. O Campeonato Brasileiro é extremamente difícil, e será ainda mais, com jogos muito próximos em virtude do calendário apertado. Acredito que o nosso elenco suportará a pressão do torneio”, disse.

Enquanto o Goiás buscava a vaga na Sul-Americana, o Dragão, também com uma trajetória admirável, conseguiu o acesso para a elite. Na última rodada, após um empate suado contra o Sport, os rubro-negros garantiram a passagem para o Brasileirão Assaí 2020. Adson Batista, presidente do Atlético-GO, falou sobre a renovação do time e a expectativa de atingir os objetivos traçados pela comissão técnica e diretoria.

“Sempre procuramos qualificar e melhorar o elenco, e a reformulação foi necessária. Trabalhamos sempre buscando coisas mais positivas, então estamos confiantes. O nosso orçamento não é tão grande, mas fizemos investimentos pontuais, para tentar superar os desafios impostos pelo campeonato e por este momento atípico que estamos vivendo. A expectativa é muito grande! Esperamos manter o bom momento”, declarou Adson Batista.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar