“A gente sabia da pressão sobre os goleiros do Flamengo", diz Neves

O jovem goleiro admitiu o erro na saída de campo

O goleiro Thiago deixou o campo de jogo desolado após o empate por 1 a 1 com o Cruzeiro na noite desta quinta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela partida de ida da grande final da Copa do Brasil. O arqueiro flamenguista falhou no gol de empate do Rubro-Negro, ao dar rebote em um chute defensável do volante Hudson de fora da área.


O meia uruguaio De Arrascaeta se aproveitou e empurrou para o fundo da rede.Thiago só foi titular porque o técnico colombiano Reinaldo Rueda decidiu barrar Alex Muralha, alvo de várias polêmicas durante os últimos dias, incluindo um editorial em tom de deboche do jornal “Extra” do Rio de Janeiro.

O jovem goleiro admitiu o erro na saída de campo. “Era um chute de fora da área e eu falhei. Admito a minha falha”, disse Thiago ao Sportv.O jogador recebeu o apoio dos companheiros, como o zagueiro Réver, um dos líderes do elenco. “Realmente a gente não imaginava que o Thiago ia soltar aquela boila. Mas ele não pode ser considerado culpado, já que nós também deixamos o Hudson chutar de fora da área”, analisou Réver.

Até os jogadores do Cruzeiro admitiram que trabalhavam com uma possível falha do goleiro do Flamengo. “A gente já sabia que a pressão sobre os goleiros do Flamengo seria grande e comentamos durante a semana para explorarmos isso”, reconheceu o meia Thiago Neves.

 (Crédito: Lance)
(Crédito: Lance)


Fonte: Footstats