Aldo cogita voltar ao jiu-jitsu caso deixe de lutar no UFC

Campeão interino dos penas ainda conversará com seus chefes

Insatisfeito com sua situação dentro do UFC, José Aldo explora suas alternativas para caso de fato deixe a principal organização de MMA do planeta. Desta vez, o campeão interino dos penas afirmou que o retorno ao jiu-jitsu pode ser o seu próximo passo profissional.

Aldo se mostrou amplamente descontente com algumas decisões tomadas recentemente pelo UFC. O brasileiro esperava fazer revanche com Conor MC Gregor pelo título definitivo da categoria, mas, em vez disso, viu o irlandês ser escalado para desafiar Eddie Alvarez pelo cinturão dos leves.

Assim, Aldo pediu para ser desligado do UFC para que possa seguir seu caminho, o que não aconteceria no mundo do MMA. O retorno às origens é uma opção. “Eu vim do jiu-jitsu, se puder estar amanhã vivendo isso de novo, competindo, no dia a dia, para mim vai ser bom. Mas vou dar um passo de cada vez. Primeiro vou sentar com eles e tomar uma decisão certa”, disse, em entrevista.

Image title

Independentemente de qual caminho irá seguir, Aldo garantiu que não mudou de ideia sobre sua aposentadoria. “A certeza minha é que não quero mais isso, é uma coisa que estou bem decidido. Mas vamos ver a negociação, o que é melhor tanto para mim quanto para eles. Que isso tudo possa se revolver”, completou.

Aldo não luta desde julho deste ano, quando bateu Frankie Edgar no UFC 200. Antes disso, ele foi derrotado por McGregor em apenas 13 segundos, o que lhe custou o cinturão da divisão.

Fonte: iG
logomarca do portal meionorte..com