Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Altos cresce no Campeonato Brasileiro

Jacaré resgata memórias de versão aprimorada do clube

Altos cresce no Campeonato Brasileiro
Altos é líder do Grupo 2 da Série D 2020 | Jade Araújo/ge.globo
Compartilhe

Líder do grupo, invicto e com um dos artilheiros da Série D. O Altos embalou no Campeonato Brasileiro deste ano. Tudo graças a um estilo que tem se tornado padrão do clube quando o assunto é 4ª divisão nacional. Com DNA ofensivo desde quando debutou na competição há quatro anos, o Jacaré tem feito de 2020 um ano especial também em números e rendimento. Com as três vitórias seguidas que o colocaram na ponta da tabela do Grupo 2, o Alviverde já é responsável pelo segundo melhor início de Brasileirão em sua história. A fase é tão boa que fez o torcedor lembrar com certa saudade da Manga Mecânica, rótulo dado a um dos times alvivedes que mais longe chegou na Série D, em 2016. . Informações do site GloboEsportes.com

Altos é líder do Grupo 2 da Série D 2020 

De fato, os números ajudam a entender as comparações. O Altos de Fernando Tonet tem empolgado: são nove pontos conquistados em quatro partidas. Em termos comparativos, o Jacaré de 2020 só perde em rendimento na tabela para aquele time de Nivaldo Lancuna de quatro anos atrás, autor de impressionantes 12 pontos nos mesmos quatro compromissos disputados.

A chave para este início animador do Altos na Série D é a combinação de pelo menos dois grandes fatores: uma defesa sólida – apenas três gols sofridos até aqui e três marcados – e um atacante inspiradíssimo. Klenisson anotou quatro gols na competição e divide provisoriamente a artilharia com outros três jogadores: Watthimem (Ji-Paraná-RO), Eduardo (Goiânia) e Gustavo (Cabofriense).

Não fosse a derrota por 1 a 0 para o São Raimundo-RR na estreia, o Altos estaria ainda mais próximo da Manga Mecânica de Nivaldo Lancuna - possivelmente um degrau abaixo por conta do saldo de gols. O ge relembrou a campanha do Jacaré nas últimas cinco edições da Série D até o fim da 4ª rodada.

O time comandado por Nivaldo Lancuna foi longe naquele ano. Antes de cair nas oitavas de final do torneio para o CSA, a equipe teve um início arrasador com vitória por 3 a 0 sobre o Maranhão (1ª rodada); goleada por 4 a 0 sobre o Juazeirense (2ª rodada)

-; outro placar elástico, desta vez por 5 a 1 sobre o Icasa (3ª rodada) - e um 3 a 0 com autoridade diante do Icasa (4ª rodada) na abertura do returno.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar