Anderson Silva faz um teste antidoping a cada 20 dias

O Spider foi de longe o atleta mais testado pela USADA neste ano

Faltando apenas dois meses para o fim de 2016, podemos considerar este um dos anos em que a USADA (agência norte-americana antidopagem) mais trabalhou. Com testes aleatórios e fora do período de competição, o órgão responsável por impedir o uso de substâncias ilegais no UFC realizou até aqui um total de 1761 testes antidoping em 562 atletas. E o lutador que mais recebeu a visita dos agentes da USADA (Agencia Norte-americana Antidoping) foi o brasileiro Anderson Silva.

Mesmo tendo subido no octógono apenas em duas ocasiões neste ano (derrotas para Michael Bisping e Daniel Cormier), Spider foi testado impressionantes 15 vezes. Isso dá uma média de aproximadamente um teste antidoping a cada 20 dias. Flagrado pelo uso de esteroides em 2015, Anderson ficou um ano suspenso e retornou em fevereiro de 2016.

Anderson Silva
Anderson Silva


O Spider foi de longe o atleta mais testado pela USADA neste ano. Atrás dele vem Miesha Tate, ex-campeã peso-galo (61 kg), com 12 testes. Tyron Woodley, Eddie Alvarez e Johny Hendricks receberam os agentes 11 vezes cada (a lista completa está disponível no site do órgão).

Os testes antidoping da USADA são realizados em período onde o lutador se prepara para algum combate ou de forma aleatória. Os testes surpresas não seguem uma lógica exatamente para confundir aqueles que desejam trapacear.

Lutadores que mais foram testados pela USADA em 2016 (até outubro):

15 – Anderson Silva;
12 – Miesha Tate;
11 -Tyron Woodley, Eddie Alvarez e Johny Hendricks;
10 – Stephen Tompson, Dominick Cruz, Dan Henderson, Cain Velasquez e Nate Marquardt.

Fonte: Com informações da Uol
logomarca do portal meionorte..com