Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Apartamento da Chapecoense é invadido e tem pertences furtados

O clube informa que nenhum dos moradores teve contato com os criminosos

Compartilhe

Os integrantes da comissão técnica da Chapecoense tiveram o apartamento invadido por ladrões na madrugada desta terça-feira. Pertences pessoais foram furtados como notebook, caderno de treino e materiais de trabalho. No local, moram o treinador Umberto Louzer, os auxiliares Gabriel Remédio, e Felipe Endres e o preparador físicos Marcelo Rohling. Informações do site GoloboEsportes

Umberto Louzer e comissão tiveram um susto ao acordar

O apartamento, localizado na região central de Chapecó, é no primeiro andar o que facilitou a ação criminosa. Todos os integrantes passam bem e não tiveram contato com os assaltantes. Quando acordaram, na manhã desta terça, a comissão técnica percebeu a sacada aberta e se deu conta do furto.

O clube disponibilizou o telefone da secretaria para quem tiver informações ou pistas dos itens levados. Quem souber de algo basta ligar para a polícia, obviamente, além do número (49) 3905-3700.

- Reforçamos que muito além do valor material, os aparelhos armazenavam informações profissionais e todo o trabalho da temporada da Chapecoense - diz parte da nota publicada pela equipe.

Confira a nota na íntegra

Na madrugada desta terça-feira (11), o apartamento onde residem os integrantes da comissão técnica da Associação Chapecoense de Futebol foi invadido e inúmeros pertences foram furtados. Felizmente, não houve contato com os criminosos e todos os profissionais do clube estão bem. Em contrapartida, há uma enorme preocupação, já que entre os itens roubados estavam uma mochila do clube com notebook branco da marca Dell, carregador, HD externo da marca Seagate, dois cadernos de treino, apito, entre outros materiais de trabalho - todos pertencentes ao auxiliar técnico Gabriel Remédio.

Diante da ação criminosa, o clube vem a público a fim de fazer um apelo à população para que, no caso de qualquer informação a respeito dos itens, entre em contato com a instituição através do número (49) 3905-3700.

Reforçamos que muito além do valor material, os aparelhos armazenavam informações profissionais e todo o trabalho da temporada da Chapecoense.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar